Author

Bety

Browsing

A CANELA DE VELHO é uma planta muito famosa no nordeste do país, principalmente pelos mais velhos. Suas folhas de cor verde-escura e formato arredondado são capazes de nos trazer muitos benefícios se consumidas diariamente.

canela de velho

Para conhecer todos os benefícios dessa planta tida por muitos como milagrosa, confira o artigo abaixo.


O que é Canela de Velho?

A planta CANELA-DE-VELHO possui muitas propriedades medicinais, o que pode torná-la uma importante aliada no tratamento de pessoas que optam por remédios caseiros.

Entre as principais, podemos citar suas propriedades:

  • Anti-inflamatórias;
  • Antioxidantes;
  • Analgésica;
  • Antitumoral;
  • Hepatoprotetora;
  • Tônica digestiva.

canela-de-velho comprar


 

Indicações da Canela-de-velho: Para Que Serve?

O chá da canela de velho é muito recomendado em casos de

  • Artrose;
  • Artrite reumatoide;
  • Dores na coluna;
  • Bursite;
  • Fibromialgia;
  • Purificação do sangue;
  • Tendinite;
  • Dores em geral;
  • Inflamação nas articulações;
  • Redução dos radicais livres;
  • Reumatismo.

cha de canela de velho


Benefícios da Canela-de-Velho

  • Ajuda no controle do diabetes: a doença muda muitos hábitos de quem sofre com ela e, o chá de canela de velho é muito recomendado para os diabéticos, pois a planta é capaz de reduzir os níveis de glicose no sangue.
  • Combate a artrose: o chá de canela de velho é um potente aliado contra as doenças reumáticas, como no caso da artrose, que provoca muitas dores nas articulações. Sua ação anti-inflamatória e ação analgésica são capazes de amenizar as dores.
  • Ajuda no tratamento da fibromialgia: sua ação analgésica faz com que o chá de canela de velho ajude em alguns casos de fibromialgia, aliviando as dores, que é um dos principais sintomas dessa doença.
  • Possui ação antioxidante: o chá de canela de velho é capaz de impedir a ação dos radicais livres, protegendo as células saudáveis. A minimização do envelhecimento precoce é a principal causa dessa ação.
  • Ajuda na digestão: a planta é um importante tônico digestivo, sendo muito indicado nos casos de problemas intestinais e estomacais, como a diarreia, por exemplo.
  • Ajuda no alívio das dores: a canela de velho é indicada para todos os tipos de dores, causadas por alguma condição clínica ou não, como tendinite ou simples dores no joelho.
  • Desintoxica o organismo: através dos agentes antioxidantes, o chá da canela de velho ajuda na limpeza do organismo, eles combatem os radicais livres que podem atacar as células do nosso corpo que estão saudáveis.
  • Ajuda a emagrecer: por todas as propriedades que possui, a canela de velho é capaz de emagrecer, ela reduz o nível glicêmico, limpa o organismo e melhora a digestão, portanto, quando combinado com hábitos de vida saudáveis, é sim capaz de promover o emagrecimento.
  • Melhora os sintomas da bursite: a bursa é como uma bolsa sinovial que está presente em vários pontos do nosso corpo, como joelhos, cotovelos e ombros, por exemplo. A bursite consiste na inflamação dessa parte do corpo e pode ser minimizada através da ação anti-inflamatória da canela de velho, já as dores são amenizadas por sua ação analgésica.
  • Combate a retenção de líquidos: no geral, todos os chás possuem capacidade de amenizar a retenção de líquidos corporais, tomá-los diariamente pode ajudar até mesmo na redução de algumas medidas.

cha de canela de velho


Contraindicações da Canela-de-Velho

A canela-de-velho não é indicada para gestantes. De toda forma, vale a pena consultar um médico antes de iniciar o tratamento.


Efeitos Colaterais

CANELA DE VELHO no geral não possui efeitos colaterais, exceto se for consumido em excesso.

Nesse caso, a planta pode causar lesões nas células do fígado.


Preço e Onde Comprar Canela de Velho

O valor da canela-de-velho varia muito mas geralmente o saquinho com a erva seca não ultrapassa os R$10.

A erva também pode ser encontrada em lojas online, encapsulada.

CANDIDÍASE  MAMÁRIA  atinge inúmeras mamãe anualmente e é pouco difundida. Neste artigo contaremos tudo sobre essa patologia tal como suas prevenções e cura.

O que é Candidíase Mamária?

CANDIDÍASE  MAMÁRIA é uma infecção fúngica que causa desconforto ao amamentar e pós amamentação e tem como principais características a vermelhidão, sensação de fisgadas e dor durante e após o bebê mamar.

candidiase mamaria

Esta doença não impede a mãe de amamentar, mas exige um maior cuidado quanto ao bebê, que também necessita de tratamento se forem identificados os sintomas da candidíase na boca da criança.

O tratamento paralelo evita que uma recontaminação aconteça.

Sintomas Da Candidíase Mamária

Os sintomas que podem se aparecer com a presença da candidíase mamária são:

Na mãe:

  • Feridas no seio com dificuldade de cicatrização;
  • Dor na mama que se apresenta durante e após as mamadas;
  • Mamilo e auréola brilhantes;
  • Coceira e vermelhidão;
  • Mamilo esbranquiçado.

No bebê:

  • Crostas brancas na boca que, ao contrário das crostas de leite, apresentam dificuldade de serem removidas;
  • Placas brancas no orifício bucal (língua, bochechas e céu da boca).
lingua do bebe afetada pela candidiase mamaria
Língua do bebê com os sintomas da candidíase mamária

A aparição desta doença é classificada como sistêmica já que seus sintomas não necessariamente apresentam-se ao mesmo tempo sendo os únicos sempre presentes a pequena ferida e dor.

Os sintomas da  CANDIDÍASE MAMÁRIA ficam mais fortes quando o bebê está mamando, pois o seio já está sensível pela infecção.

Causas da Candidíase Mamária

Como principal causa da candidíase mamária está o fungo Candida Albicans, este fungo está naturalmente presente no corpo humano e aparece criando colônias quando a imunidade do organismo está baixa.

Candidíase Mamária foto

O bebê pode ser transmissor da doença, mesmo sem apresentar sintomas, ao colocar a boca contaminada no seio da mãe o fungo pode se proliferar e a doença se estabelece.

Fissuras no mamilo são comuns durante a amamentação e são facilitadoras para que o quadro se estabeleça.

Diagnóstico da Candidíase Mamária

Para realizar o diagnóstico, o médico irá observar o local e analisar os sintomas da paciente.

Geralmente não é necessário nenhum exame que comprove o quadro, mas se necessário pode ser realizada umas análise do leite materno em busca do fungo Candida Albicans.

Tratamento da Candidíase Mamária

O tratamento da CANDIDÍASE MAMÁRIA deve ser sempre receitado pelo médico.

Ele é realizado com medicamentos antifúngicos que podem se apresentar como pomadas ou comprimidos e é necessário retornar ao médico caso o quadro se mantenha após o tempo de tratamento para receber a orientação mais indicada.

Candidíase Mamária remedio

Além disso, locais úmidos facilitam a proliferação de fungos, por isso é importante manter as mamas secas durante os intervalos das mamadas.

É importante lembrar que o bebê sempre deve ser avaliado quando a mãe apresentar esse caso e suas mamadeiras e chupetas devem ser fervidas no mínimo uma vez ao dia para evitar a recontaminação, assim como os sutiãs da mãe.

Prevenção Candidíase Mamária?

Manter as mamas secas evita a proliferação dos fungos que causam a CANDIDÍASE MAMÁRIA, assim como observar a boca do bebê para que a contaminação não aconteça novamente.

Retirar o excesso de leite para evitar vazamentos durante o dia ajuda a não aumentar o risco de proliferação.

E, por fim, fazer o tratamento corretamente para que o quadro não seja agravado e manter uma dieta balanceada para sustentar o sistema imunológico são importantes ações que ajudam demais na PREVENÇÃO DA CANDIDÍASE MAMÁRIA.

COLIKIDS chegou ao mercado com a promessa de resolver o problema de cólicas nos bebês mas será que funciona mesmo?

Neste artigo vamos conhecer agora um pouco mais sobre o medicamento que promete acabar com as cólicas dos pequenos e sem trazer efeitos colaterais ou contraindicações, apenas em algumas exceçõescolikids para colica


O que é ColiKids?

ColiKids é um medicamento natural, muito indicado para o tratamento das cólicas e bom funcionamento intestinal de recém-nascidos, pois eles possuem um organismo altamente sensível e capaz de ser danificado facilmente por medicamentos de origem química.

colikids bula como tomar

Muitas são as dúvidas das mamães sobre os medicamentos indicados nesses casos, se podem ser utilizados por recém-nascidos, se causam algum tipo de efeito colateral, qual a dosagem ideal, quantas vezes ao dia ministrar o medicamento, entre diversas outras.

As cólicas dos bebês são muito famosas por serem a maior causa do choro dos pequenos, o que deixa muitas mães de primeira viagem muito assustadas e sem saber qual atitude tomar quando se deparam com essa situação.

Quando falamos em ColiKids estamos falando de um medicamento em gotas, que é fabricado à base de probióticos e sua ação se baseia no equilíbrio da flora intestinal do bebê.


Como Funciona o ColiKids?

Os probióticos utilizados são os Lactobacillus Reuteri DSM 17938, microrganismos vivos capazes de ajudar a manter a saúde intestinal.

Os lactobacilos são conhecidos e classificados como as bactérias do bem e estão presentes no trato intestinal dos humanos, sendo um dos únicos.

colikids bula indicaçõesPara que os probióticos cheguem a salvo ao intestino, é importante que se ingira a quantidade certa de probióticos.

Tal lactobacilo citado acima é possível de ser encontrado no leite materno, ele foi isolado em laboratório e usado na composição de medicações que fortalecem a flora intestinal.

Por Que o Colikids Funciona?
Os probióticos que encontramos no ColiKids são capazes de sobreviver às enzimas e à acidez do nosso estômago, isso foi comprovado através de testes laboratoriais e, portanto, pode garantir a segurança e eficácia do seu tratamento.

Indicações do Colikids

A principal recomendação para o uso de ColiKids é a reposição da flora intestinal, que contribui na diminuição do desconforto que as cólicas são capazes de causar no bebê, principalmente em seus primeiros meses.

O medicamento COLIKIDS age combatendo os gases em excesso, fortalecendo as defesas do organismo e é capaz de acabar com a diarreia.

efeitos colaterais colikids

O leite materno possui lactobacilos que mantêm saudável o intestino do bebê, por isso, ColiKids pode apresentar resultados mais rápidos quando oferecido para aquelas crianças que se alimentam de fórmulas artificiais, proporcionando os mesmos lactobacilos que seriam ingeridos no caso do aleitamento materno.

Assim, podemos dizer que ColiKids facilita a digestão do leite consumido e auxilia no amadurecimento do intestino do bebê.

Os probióticos que existem nessa medicação acabam produzindo substâncias que matam as bactérias capazes de provocar as cólicas, fazendo com que elas não se proliferem e trazendo o equilíbrio da flora intestinal. Esses probióticos, ainda, aderem ao revestimento interno do intestino e controlam a fixação de microrganismos nocivos para a criança.


Como tomar ColiKids? Posologia e Bula

Para usar ColiKids você deve seguir as seguintes instruções abaixo:

  • Primeiro, agite bem o frasco do medicamento e vire o frasco para baixo, para a formação de gotas;
  • Depois, pingue as gotas na boca da criança ou sobre uma colher.
 Caso o bebê seja maior de 6 meses de idade, você poderá misturar a medicação com um pouco de leite frio ou em temperatura ambiente. 

É importante lembrar que, quando probióticos são misturados com alimentos ou líquidos em temperaturas altas, podem ser danificados e não alcançar o intestino no bebê em quantidades significativas para fazer efeito.

Posologia
São indicadas 5 gotas de ColiKids ao dia. Sempre procure um pediatra antes de dar qualquer medicamento para seu bebê para saber a dosagem recomendada.

Em alguns casos, os médicos recomendam as 5 gotas em uma dose única, em outros, podem indicar a dose em pequenas quantidades por vez.


Qual Preço do Colikids? Quanto Custa e Onde Comprar?

O valor do COLIKIDS varia dos R$ 79 aos R$ 98, dependendo da cidade e farmácia onde for comprado.

Você pode comprar através da drogaria Onofre clicando aqui. Foi o melhor preço que encontrei e a entrega é no mesmo dia caso more em SP.

A varicocele é uma doença que afeta os vasos sanguíneos do cordão testicular, que provoca sua dilatação e gera desconforto, podendo causar a infertilidade masculina.


O que é varicocele?

A varicocele é denominada como uma anormalidade vascular, capaz de provocar a dilatação das veias do cordão testicular e é mais comum que ocorra do lado esquerdo, onde a pressão dos vasos é maior, mas pode ocorrer nos dois lados.

varicocele

É mais comum que se apresente em homens com idade entre 15 e 25 anos e pode ocorrer em um a cada três homens com infertilidade, sendo uma das principais causas de infertilidade masculina.


Causas da Varicocele

VARICOCELE ocorre devido ao aumento do fluxo de sangue no local afetado, causado pela dilatação das veias, que aumentam a temperatura do testículo.

causas da varicocele

Artavés da deficiência ou da falência das válvulas que existem na veia testicular, o homem que apresenta a varicocele possui um líquido sem boa circulação, o que provoca a dilatação dos vasos.

A doença tem início na adolescência, na maioria dos casos, ocorrendo entre os 15 e 16 anos. Seu pico de incidência acontece até os 25 anos e, na infância, sua taxa é nula. A presença de tumores renais também podem ajudar na ocorrência de uma varicocele em homens de mais idade.


Varicocele e infertilidade

A produção de espermatozoides é comprometida, uma vez que esse processo precise de uma temperatura abaixo da temperatura corporal para acontecer e por conta da dilatação sanguínea, a temperatura fica mais elevada que o esperado.

Alterações desse tipo ocorrem em metade dos homens que sofrem com a varicocele. Seu desenvolvimento pode ser lento e não apresentar sintomas, apenas após a função do testículo ser comprometida.


Sintomas da Varicocele

VARICOCELE pode causar:

  • Dor;
  • Inchaço;
  • Desconforto;
  • Sensação de peso no local;
  • Veias dilatadas aparentes em tonalidade roxa.

Diagnóstico de Varicocele: Exames e Testes

Os exames de Varicocele são realizados pelo urologista, que é o tipo de especialista que deve ser procurado caso haja esse tipo de suspeita.


Tratamento da Varicocele: Tem Cura?

Na maioria dos casos, não é necessário que se faça tratamento, porém, o homem pode precisar se submeter à cirurgia, no caso de apresentar dor, atrofia muscular ou infertilidade.

varicocele tem cura

Tratamento Cirúrgico
A cirurgia tem como objetivo lacrar as veias afetadas, de modo que o fluxo de sangue seja redirecionado para as veias em condições adequadas. O tratamento da varicocele pode até mesmo acabar com o problema de infertilidade, pois aumenta a produtividade e qualidade dos espermatozoides.

Hoje existem três tipos de reparação cirúrgica para o tratamento da varicocele, como a laparoscopia, cirurgia aberta ou embolização percutânea.

Mesmo que poucos, existem alguns riscos causados pelo tratamento, que podem incluir o acúmulo de líquido em torno dos testículos, danos a uma artéria ou até mesmo a recorrência da varicocele.


Cirurgia de Varicocele

O tratamento da varicocele através da intervenção cirúrgica pode evitar futuras atrofias musculares no testículo e é capaz de melhorar a fertilidade do sêmen, sendo que 70% dos homens apresentam essa melhora após os primeiros meses de cirurgia.

O que é a Varicocele Causas e Tratamentos

No caso dos adolescentes, é importante que se faça uma revisão a cada 2 anos para que o médico avalie a melhora dos efeitos da varicocele e também o comprometimento da fertilidade.

A infertilidade é motivo de muita preocupação entre os casais, principalmente aqueles que querem ter um bebê. Muitas vezes ela é associada às mulheres, mas sabemos que não é bem assim, já que em algumas situações o problema pode vir do homem, sendo o principal deles a OLIGOSPERMIA.

Por isso é sempre recomendado que se procure um médico e que se avalie o casal, não apenas uma das partes.

Oligospermia – O que é e Como Tratar


 

O que é a Oligospermia?

Um dos principais motivos que leva um casal a procurar ajuda e um tratamento para engravidar é a oligospermia, também conhecida como oligozooespermia.Oligospermia – O que é e Como Tratar

Enquanto as mulheres nascem com um número certo de óvulos que permitirão sua fertilidade durante a vida, o homem produzirá seu sêmen apenas ao longo de sua vida, podendo ser fértil até em idades mais avançadas, ao contrário da mulher.

A oligospermia é caracterizada pela produção reduzida de esperma. Para que o homem tenha um sêmen fértil e de qualidade, sua quantidade normal é em torno de 20 milhões por mililitro, a produção de uma quantidade menor do que essa pode apresentar baixa qualidade e ser considerada oligospermia.

Diagnóstico da Oligospermia: Testes e Exames

Para o diagnóstico da OLIGOSPERMIA, o homem deve se submeter a um exame chamado espermograma, que deve ser procurado depois que o casal não obtém sucesso na gravidez por cerca de um ano.

Assim, deve-se procurar um médico especializado para iniciar uma investigação de fertilidade.

Oligospermia – O que é e Como Tratar

Entendendo o diagnóstico...
No espermograma, quantidades pouco abaixo de 20 milhões são caracterizadas como uma infertilidade passageira, mas quando esses números são abaixo dos 2 milhões já é caracterizado como um caso mais crítico de oligospermia.

Causas da Oligospermia

A oligospermia pode ter diversas causas, como por exemplo:

  • Inflamação do testículo – que pode ocorrer devido ao uso de roupas muito apertadas,
  • Alimentação;
  • Alcoolismo;
  • Tabagismo;
  • Estresse – que pode reduzir a qualidade e a quantidade de espermas, sendo esse um fator de uma oligospermia transitória, ou seja, é possível de ser controlado e revertido;
  • Consumo de alimentos ricos em gorduras – também pode modificar a qualidade e reduzir a quantidade de espermatozoides, por esse motivo, muitos médicos recomendam uma alimentação saudável para os casais que estão em busca de uma gravidez, com folhas, saladas e carnes magras;
  • Varicocele – é uma condição que pode ser tratada como oligospermia, pois também é responsável pela redução de espermatozoides no homem.

A Hipotireóide também é um fator de risco para a oligospermia, e pode ser detectada através de ultrassom e exame de sangue específicos.

Oligospermia – O que é e Como Tratar


 

Oligospermia: Tratamento

O tratamento pode variar de acordo com o que causou a condição.

Os casos mais simples, ocorridos por estresse, má alimentação, falta de exercícios e roupas apertadas podem ser revertidos rapidamente, apenas com a mudança de hábitos.
O que é a Varicocele Causas e Tratamentos

Em situações mais severas, como no caso de varicocele, deve ser feita uma avaliação médica para que se chegue ao tratamento adequado. Pode ser recomendada uma cirurgia para a correção do problema e, em alguns casos, o uso de medicamentos.

Se a oligospermia for causada por bactérias inflamatórias, o uso de antibióticos específicos podem ajudar muito nesses casos, aumentando a quantidade de esperma produzido.

No caso da oligospermia ser causada por motivos hormonais, deve-se fazer o tratamento através de reposição hormonal.

No caso de oligospermia severa, o médico poderá indicar o melhor tratamento ou, até mesmo, encaminhar o homem para uma fertilização in vitro, para encurtar a espera e desgaste do casal para conseguir obter uma gestação.

Uma dúvida de muitas mulheres é que tem trompas obstruídas ou com aderência é: É possível engravidar assim?

A gravidez, para a maioria das mulheres é, o ápice da vida, da feminilidade, o poder de gerar outra vida. Porém, nem todas conseguem esse milagre, por problemas de saúde ou por decisão própria. Mas, como a maioria tem esse desejo, sempre há preocupações que envolvem a fertilidade e o desejo de ser mãe.

Se você tem essa dúvida e quer esclarecer, continue lendo o artigo.Trompas Obstruídas ou com Aderência


O que é Trompas Obstruídas ou Com Aderência?

A infertilidade feminina apresenta inúmeros vilões, mas o que gera mais problemas são as trompas obstruídas ou com aderência, elas são de extrema importância para a gravidez.

Além de serem finas e delicadas, com o formato de bracinhos, as trompas guardam o óvulo femininos para a fecundação, no momento que a mulher está fértil. O óvulo fica guardadinho ali até que o espermatozoide chegue e ocorra a fertilização, promovendo então, a gravidez. Esse na realidade é o primeiro passo para que a mulher engravide.

Trompas Obstruídas ou com Aderência

Como você pode ver a trompa é um órgão de extrema importância para o inicio da gravidez, uma vez que é dentro da trompa que tudo ocorre, porém se as trompas estiverem obstruídas, não tem como o óvulo encontrar o espermatozoide, uma vez que a passagem fica bloqueada para os dois.


Causas da Trompa obstruída ou com Aderência

As trompas obstruídas podem ocorrer por inúmeros problemas, como por exemplo:

  • Doenças sexuais;
  • Clamídia;
  • Infecções causadas por bactérias, que ao ocorrerem criam dentro das trompas massa e líquido obstruindo-as;
  •  Cicatrizes que ocorrem após uma cirurgia, no parto ou até mesmo na remoção de uma gravidez tubária;
  • Endometriose (o sangue que escapa de dentro do útero causa o entupimento das trompas.)

Sintomas de Trompas Obstruídas ou com Aderência

As trompas obstruídas ou com aderência não apresentam nenhum sintoma, o mais comum deles é o fato de a mulher não engravidar. São raros os casos que ocorrem incômodo ou certa dor.

Trompas Obstruídas ou com Aderência sintomas

Quando as mulheres tentam engravidar e no período de um ano não conseguem devem procurar o médico para fazer uma avaliação e exames de diagnóstico e assim resolver o problema.

Diagnóstico do problema

Para saber se as trompas estão obstruídas ou com aderência é preciso fazer um exame chamado Histerossalpingografia.

Durante o exame o médico injeta na cavidade vaginal da mulher uma quantidade de contraste que vai preencher o interior do útero mostrando através de exame de RX o seu interior. Com o exame o diagnóstico é perfeito e dá para ver se as trompas estão obstruídas ou com aderência, bem como outros problemas que possam ter.

No caso de haver um dos dois problemas o médico deverá indicar o melhor tratamento para que a mulher possa realizar o seu sonho, a gravidez.

Gostou do artigo? Ajudou você a tirar suas dúvidas? Então deixe seu comentário.

Se você se tornou mãe recentemente ou está prestes a se tornar, já é bom ficar ciente das doenças e problemas que pode atingir as crianças. Uma dessas doenças é a Bronquiolite, uma infecção infantil muito comum.


O que é Bronquiolite?

A bronquiolite é caracterizada pelo acúmulo de muco e inchaço nos bronquíolos. Os bronquíolos são passagens de ar pequenas que existem nos pulmões. Se há o acúmulo de muco nessas passagens, a capacidade respiratória fica comprometida.

o que é bronquiolite

Hoje você verá quais são as causas dessa doença, os sintomas que ela apresenta e as melhores formas de tratar. Confira tudo a seguir!


Causas da Bronquiolite

Na maioria dos casos a bronquiolite é causada quando um vírus infecta os bronquíolos e raramente é causada por uma bactéria. O vírus acaba causando o inchaço dessa região, deixando as passagens inflamadas e causando o acúmulo de muco, dificultando o fluxo de ar.

bronquiolite causas

O vírus que causa a doença é bem comum em crianças com até 2 anos de idade, surgindo principalmente no outono e inverno. A bronquiolite também pode ser causada pelo mesmo vírus responsável pelas gripes e resfriados.

Cuidados Essenciais:
É preciso ter cuidado, pois ela é uma doença contagiosa. O vírus é contraído através do ar, quando uma pessoa doente acaba tossindo, espirrando ou simplesmente falando. A doença também pode ser transmitida por meio de objetos.

Fatores de Risco da Bronquiolite

Por mais que seja causada pelo vírus e que em muitos casos não há como evitar, há alguns fatores que aumentam o risco da criança desenvolver a bronquiolite. Por exemplo, se a criança sofrer com falta de amamentação, o seu sistema imunológico estará muito mais fraco e ela estará mais propensa a desenvolver o problema.

Outros fatores de risco são:

  • Exposição à fumaça do cigarro;
  • Nascimento prematuro;
  • Frequentar ambientes muito cheios;
  • Contato com outras crianças.

Sintomas da Bronquiolite

A bronquiolite se manifesta como uma leve infecção respiratória, evoluindo para mais problemas respiratórios após dois dias.

Bronquiolite sintomas

Os sintomas da bronquiolite consistem em:

  • Chiado no peito;
  • Tosse;
  • Respiração rápida;
  • Fadiga;
  • Febre;
  • Pele azulada pela falta de oxigênio;
  • Dificuldade para respirar.
Observe...
A intensidade dos sintomas pode variar de criança para criança. Além disso, algumas podem apresentar poucos sintomas, enquanto outras apresentam sintomas mais leves.

No entanto, caso se depare com dois ou mais sintomas mencionados acontecendo juntos, não perca tempo e vá ao médico.


Tratamento para Bronquiolite

Felizmente, na grande parte dos casos, a bronquiolite pode ser tratada de casa.

O tratamento consiste no uso dos medicamentos indicados pelo médico que irão melhorar a congestão nasal.

Além disso, é preciso beber bastante líquido para manter o corpo hidratado e funcionando.

Crianças menores de um ano de idade devem ingerir bastante leite materno.

Bronquiolite tratamentos alternativos

Os medicamentos mais usados para bronquiolite são os seguintes:

  • Cefanaxil;
  • Leucogen;
  • Meticorten.

Espero que tenha ajudado você a entender melhor a bronquiolite. Deixe seu comentário, para nós ele é muito importante.

A asfixia neonatal também pode ser chamada de asfixia perinatal. Esse problema é uma das maiores causas de mortalidade perinatal e morbidade neurológica.

O que é Asfixia Neonatal/Perinatal?

A asfixia perinatal acontece principalmente quando o fornecimento de nutrientes da mãe para o feto é diminuído, causando a má perfusão de órgãos vitais. Essa asfixia pode ocorrer no trabalho de parto, no nascimento e no período de pós-parto.
Asfixia Neonatal

 O risco de asfixia nessas partes é muito alto, pois o recém-nascido ainda está se acostumando à vida fora do útero, sofrendo com alterações nas vias circulatórias.  É preciso que logo após o parto ocorra a expansão dos pulmões e o início da respiração do recém-nascido, de modo contrário a asfixia aparecerá.

Causas da Asfixia

As principais causas da asfixia perinatal podem incluir fatores maternos, fetais e muito mais.

As principais causas maternas da Asfixia Neonatal são:

  • Cardiopatia;
  • Convulsões;
  • Nefropatias;
  • Hipertensão arterial crônica;
  • Diabetes;
  • Hemoglobinopatias;
  • Ruptura prematura de membranas.

Já as causas fetais da Asfixia Perinatal são:

  • Prematuridade;
  • Fetos grandes demais;
  • Malformações congênitas;
  • Infecção congênita.

As causas da Asfixia Neonatal durante o parto são:

  • Placenta prévia;
  • Apresentação anormal;
  • Nó verdadeiro de cordão;
  • Depressão respiratória por drogas.

Por último há as causas neonatais que são:

  • Imaturidade pulmonar;
  • Hemorragia;
  • Anemia;
  • Distúrbios metabólicos;
  • Pneumotórax.

Como evitar a asfixia Neonatal? – Prevenção

Somente os médicos sabem como evitar essa condição, sendo que muitas vezes não há como impedi-la.

Asfixia Neonatal e perinatal são a mesma coisa

Se houver complicações no parto, os profissionais presentes farão tudo que estiver ao alcance para contornar a situação e ajudar o recém-nascido a começar a respirar.

Durante a gravidez, a mulher pode evitar determinadas situações que podem prejudicar o feto, como: uso cigarro, bebidas alcoólicas, entre outros.

Em muitos casos a asfixia neonatal não está relacionada diretamente à mãe, sendo uma condição que aparece não importa quantos cuidados são tomados.

O que você deve fazer é ter uma gravidez tranquila, longe de fatores de risco e seguir todas as recomendações médicas.

Tratamento para asfixia neonatal

Os médicos farão tudo que for possível para controlar a asfixia neonatal. Eles devem ter controle sobre a frequência cardíaca do recém-nascido, assim como realizar exames e ajudá-lo no processo de respiração.

Os médicos e enfermeiras deverão sempre examiná-lo para verificar como está o processo e adotar medidas que acelerem o processo de respiração, livrando o recém-nascido dessa situação.

asfixia neonatal

Geralmente o problema consegue ser resolvido em uma ou duas semanas, mas lembre-se que há vários casos em que não houveram bons resultados.

Como facilitar o parto?

O parto pode ser facilitado com alguns hábitos que a mulher pode adquirir ao longo da gravidez, como uma caminhada. Confira as dicas abaixo:

  • Caminhar ao ar livre pode ajudar o ritmo das contrações, diminuindo tanto a dor do trabalho de parto quanto o tempo de duração.
  • Uma mulher no trabalho de parto também pode subir as escadas com calma, o que facilita o nascimento. A dança também é uma boa amiga, pois ela faz com que o bebê se movimente, podendo facilitar na hora do parto.
  • Além disso, tente urinar de 1 em 1 hora e beber bastante água para manter a hidratação.

Espero ter ajudado você a entender melhor a asfixia neonatal.

Os bebês recém-nascidos podem sofrer com hemangiomas, um quadro de saúde desconhecido por milhares de pessoas, principalmente os pais de primeira viagem.

É preciso conhecer esse quadro e saber do que se trata para que possa diagnosticá-lo e levar o bebê ao médico o mais rápido possível.

hemangiomas o que e

O que é Hemangioma?

O hemangioma nada mais é do que uma mancha que surge na pele do recém-nascido após as primeiras semanas do parto, geralmente avermelhada.

Esses hemangiomas tendem a ser planos e congênitos.hemangiomas o que e

Os hemangiomas aumentam de tamanho até o primeiro ano de vida do recém-nascido. Ao longo dos anos eles podem diminuir e até mesmo desaparecer, sem apresentar nenhum risco para a saúde. Veja mais sobre esse quadro a seguir.

Hemangiomas e Suas Características...
O hemangioma é um tumor benigno caracterizado por manchas avermelhadas e de aspecto plano pelo corpo, que podem aumentar e até mesmo engrossar com o tempo.

No entanto, essas manchas também tendem a desaparecer depois de alguns anos, encolhendo sozinhos. A tendência é que com 5 anos de idade a criança já não tenha nenhuma hemangioma.

Quando surgem, podem ser vistos com uma pequena saliência na pele, além do aspecto avermelhado. O hemangioma não surge apenas na pele, mas também nos órgãos internos como fígado e rins.

Causas e Sintomas das Hemangiomas

As causas desse problema ainda estão sendo estudadas. Ela possui algumas características genéticas, no entanto sua origem também ocorre através do mau funcionamento das células, o que gera desequilíbrio na formação do sistema vascular.

Os estudos realizados até agora mostraram que o problema atinge principalmente as meninas e os bebês prematuros. As meninas são mais propensas a desenvolver devido a sua maior quantidade de hormônios.

hemangiomas riscos

Esse problema não apresenta sintomas além das características da pele que já mencionamos, podendo ser facilmente diagnosticado pelo pediatra. Podem aparecer em qualquer região do corpo, mas suas regiões favoritas são o pescoço e a cabeça.

Riscos da Hemangioma

Os pais não precisam se preocupar, pois a doença não traz nenhum risco para a saúde da criança. Não há nenhuma possibilidade de virar um câncer no futuro, no entanto é preciso estar atento, já que há alguns casos em que é preciso cuidados especiais, principalmente quando o problema atinge os recém-nascidos ou prematuros.

Dependendo do local da hemangioma ela pode até mesmo sangrar ou ainda quando ataca os olhos, impedindo a visão. Fora esses casos, não há nenhum risco para a saúde e pode ser contornado ao longo do tempo.

Hemangioma: Tratamentos

É indicado que os pais tratem o problema desde o início, preferencialmente desde o primeiro mês de vida, pois assim a criança poderá se curar e não sofrerá com danos.

Se houver lesões na fase inicial, o tratamento consiste no uso de medicamentos no local.

Em estágios mais avançados, onde o crescimento está grande, o tratamento deve ser feito com corticoides, pois eles ajudam a diminuir as lesões e controlam as demais para que não cresçam. Em casos específicos pode-se adotar o tratamento a laser ou uma cirurgia.

derm clear onde comprarVocê sofre com manchas em todo o seu rosto pela exposição excessiva ao sol e já testou vários produtos, mas nenhum entregou um resultado efetivo? Isso está perto de acabar. Com Derm Clear você consegue eliminar manchas de melasmas, causadas pelo sol e até mesmo por outros fatores externos.

Esse é um creme que já fez muito sucesso fora do país e agora está chegando no Brasil para beneficiar mulheres de todas as idades que desejam ter uma pele uniforme, lisa e muito bonita.

A seguir, veja para que serve e como usar Derm Clear a seu favor.derm clear

Como funciona Derm Clear?

Derm Clear possui propriedades únicas que permitem agir diretamente na pele, eliminando qualquer tipo de mancha e acabando com a hiperpigmentação.

 Logo nos primeiros 30 dias já é possível usufruir dos resultados e conferir uma pele mais lisa, jovem e saudável. 
Derm Clear trata-se de um creme multifuncional cuja principal função é atuar no clareamento de manchas, agindo de forma intensiva e duradoura sobre a pele. O uso regular desse creme ajuda a deixar sua pele mais iluminada e renovada.

Para que serve Derm Clear?

Derm Clear serve para clarear a sua pele e livrá-la de manchas de melasmas e causadas pelo sol. Pode ser usado por qualquer pessoa pois é hipoalergênico e não possui nenhum tipo de contraindicação.

É claro que para que os benefícios sejam intensificados, você deve apostar em um protetor solar para evitar que mais manchas surjam em sua pele. Derm Clear é um produto para todos os tipos de pele, você pode usar mesmo se tiver uma pele sensível, seca, mista ou oleosa.

Conheça os benefícios de Derm Clear

Esse creme multifuncional age clareando e uniformizando o tom da pele, além de possuir rápida absorção. Todos os resultados de Derm Clear foram comprovados por meio de testes realizados em clínicas e por isso o produto possui certificação da ANVISA.

Derm Clear também trata a hiperpigmentação e permite que a pele fique com o mesmo tom. O tratamento deve ser feito por, no mínimo, 3 meses para que todos os resultados apareçam.

Como usar Derm Clear

Para que você possa usufruir dos benefícios desse creme, o ideal é aplica-lo duas vezes ao dia, de manhã e de noite. Quando for aplicar de manhã, aplique e deixe secar para aplicar o seu protetor solar. Não saia logo em seguida para a rua.

Derm Clear

Preço e Onde Comprar

Derm Clear pode ser comprado no site oficial do fabricante, onde você encontra preços especiais e vários descontos.

Se você quer experimentar um tratamento de apenas 30 dias, poderá levar uma embalagem por R$199,90 à vista.

Se quiser um tratamento de 90 dias, comprará 2 embalagens e ganhará 1 de graça, pagando apenas R$349,85 à vista.

O kit final, contendo 6 embalagens, consiste em você comprar 3 e levar mais 3 e brinde e pagar apenas R$449,80 à vista.

Acesse o site e compre o quanto antes para acabar já com todas suas manchas.