Category

Dietas

Category

Uma das grandes dúvidas e medo das mulheres é a questão relacionada as maneiras de perder peso após a gravidez, tendo em vista que muitas mulheres jamais recuperam seus pesos normais após a gestação. Mesmo sendo uma tarefa que requer um pouco de tempo e dedicação, não é difícil retomar o peso ideal após um processo tão delicado como a maternidade. Abaixo daremos dicas de como emagrecer após a gestação.

Emagrecer após gravidez

Emagrecer após a gravidez pode ser uma tarefa fácil em alguns casos, onde somente é preciso dar tempo ao tempo, entretanto pode ser algo mais complicado quando as mulheres tem pressa e precisa de alguns resultados quase que evidentes.

Para emagrecer rápido, algumas dicas até mesmo já antigas podem ainda ser muito utilizadas, além de mais alguns achados científicos que dão uma boa perspectiva de trabalho físico para as mulheres que pretendem readquirirem seus pesos anteriores.

Alimentação e hidratação

A parte da alimentação e da hidratação é muito importante, pois as mulheres vão precisar estar bem nutridas para o processo de amamentação, que de maneira geral auxilia no consumo de energia e com isso também pode ser uma forma de perder alguns quilos.

Com uma boa alimentação e boa hidratação, a produção e qualidade do leite devem aumentar, dando assim um bom alimento para a criança e auxiliando também em uma queima de energia que querendo ou não auxilia no emagrecimento.

Mais de 10kg podem ser perdidos já no primeiro mês após parto!
Mais de 10kg podem ser perdidos já no primeiro mês após parto!

Exercícios e retomada de rotina

Para quem pretende alcançar resultados rápidos, a prática de exercícios torna-se indispensável, tendo em vista que o processo de retomada de peso pode ser um pouco demorado, neste caso, necessitando sim dos exercícios físicos.

Esses exercícios podem ir desde maneira mais complexa, como academias ou até mesmo aproximando-se de algo caseiro ou algo ao natural, como uma caminhada ou corrida em algum parque, de preferência bem arborizado.

Outro fator que deve auxiliar no emagrecimento é a retomada de rotina, pois com isso a mulher poderá ter uma vida mais ativa e com isso gastar mais suas energias, já que agora não carrega mais uma vida dentro de si.

Juntamente com essa retomada de rotina, cabe também uma reeducação alimentar, já que a quantidade de comida ingerida deve obrigatoriamente ser reduzida, pois um feto não precisará mais ser alimentado, portanto caso não seja reduzida a ingestão de alimentos, muita gordura começará a ficar acumulada.

Para o processo de reeducação alimentar, recomenda-se uma visita a um profissional da área, que com análises detalhadas conseguirá determinar uma boa dieta.

A gravidez é um período muito gratificante e ao mesmo tempo muito conturbado para a mãe, que tem de lidar com as diversas limitações ocasionadas e ainda manter uma boa rotina nutricional, associada a atividades físicas, visando um bom desenvolvimento do feto.
Porém o que poucas mães sabem é que a rotina de atividades físicas pode ajudar muito no bem estar durante o período de gestação, pois com a liberação de endorfina e com o relaxamento muscular, é possível ter melhores noites de sono, aguentar melhor o peso a mais no corpo e ainda conseguir reduzir os níveis de estresse, que são demasiadamente altos durante este período.
Além destes efeitos principais, alguns secundários como o controle de peso e a unificação de dieta com atividades físicas, fazem essa uma ótima opção para o período de gestação, entretanto muito cuidado deve ser tomado, pois alguns exercícios são totalmente prejudiciais, cabe a gestante saber escolhe-los.

Atividade física durante a gravidez

Abaixo vamos listar as melhores atividades físicas que as mulheres podem desenvolver durante o período de gestação, levando em consideração as limitações impostas e os níveis reduzidos de exercícios que serão possíveis.
O começo das atividades pode ser logo no primeiro terço de gravidez, sendo gradativamente reduzidos até a parte final da gestação. Toda atividade deve ter algum orientador técnica e deve ainda ser recomendada por um profissional habilitado da área.

atividade-durante-gravidez
Pilates: Atividade indicada para mulheres que já praticavam algum tipo de exercício físico, pois já exige alguma aptidão física para a execução. É recomendada para mulheres que ainda não estão grávidas mas que pretendem ter um filho em breve
Caminhada: Atividade universal, recomendada para grande parte da população, principalmente para as mulheres grávidas. Na caminhada, o corpo vai liberar endorfina, a mulher vai estar fazendo um ótimo exercício, fortalecendo diversas partes do corpo e ainda causando mais tarde uma boa noite de sono, algo que muitas vezes é complicado neste período.
Alongamentos: Pode parecer algo muito simples, mas a importância dos alongamentos é fantástica, pois as mulheres costumam ficar sempre nas mesmas posições em período de gestação, movimentando-se pouco. Com os alongamentos, os músculos vão ser fortalecidos e evitarão o sedentarismo.
Todos estes exercícios devem ser orientados por um profissional da área, que de preferência tenha experiência com gestantes, pois é preciso muito cuidado na hora de recomendar exercícios para mulheres neste período.
Também é recomendada a visita a um profissional especialista na área, bem como orientações do obstetra.

Alongamentos para Gestante

Os três exercícios de alongamento vistos acima podem ser realizados pela gestante porém sem que haja muito esforço. O ideal é realiza-los com acompanhamento profissional, evitando lesões ou danos ao bebê.

Atualmente, as atividades físicas mais recomendadas para gestante é a Ioga e o Pilates.

A caminhada pode também ser adotada pela futura mamãe porém é importante observar as condições do local como clima, por exemplo. Nada que denote muito esforço físico e que seja prejudicial.

Veja acima os Alongamentos indicados para Gestantes.
Veja acima os Alongamentos indicados para Gestantes.

 

 

O período de gestação é um dos mais importantes da vida de qualquer mulher, cuja nutrição estará dividida com o seu querido feto, que deve ser muito bem nutrido de alimentos nutritivos.
Sendo um período em que a mulher tem que aumentar o consumo de alimentos e ainda cuidar muito quais os tipos de alimentos para usar, fica evidente a necessidade de uma dieta especial para que problemas não possam afetar o bebê futuramente.

Quando a gestante deve começar a dieta?

Uma das dúvidas que as mulheres tem é se devem começar a dieta imediatamente após descobrirem a gravidez ou somente na parte final da gestação. A resposta para este questionamento é direta e biológica.
O desenvolvimento do feto é gradativo, portanto o bebê vai precisar de boas condições energéticas e de cuidados especiais desde o começo do período de gestação, estando bem nutrido até a hora do parto.
Outra questão importante é cortar alimentos indesejáveis, que possam vir a causar algum prejuízo ao feto, prezando também uma alimentação balanceada e em diversos horários, evitando longos períodos sem a ingestão de alimentos.

Sucos Detox próprios para Grávidas são uma alternativa para a futura mamãe manter a forma.
Sucos Detox próprios para Grávidas são uma alternativa para a futura mamãe manter a forma.

3 dietas para grávidas

Tendo em vista a importância da visita a um especialista da área de nutrição, vamos apenas apontar três possíveis dietas de forma geral, que podem ajudar muito na hora de selecionar o que comer.
Dieta #1 – Proteína, vitaminas e fibra
Uma boa dica para as grávidas é prezar pela ingestão de proteínas, vitaminas e fibras, que podem ser encontrados facilmente em diversos alimentos.
Para proteínas vegetais e animais, recomenda-se o consumo de alimentos como carnes, ovos, grãos, feijão e tantos outras possibilidades do gênero.
Na questão das vitaminas, frutas como a laranja são perfeitas para dar uma boa nutrição e ainda fornecer as principais vitaminas necessárias para um bom desenvolvimento.
Em questões de fibras, recomenda-se o consumo de frutas e vegetais em praticamente todas refeições, para que assim a suplementação alimentar seja correta.
Dieta #2 – Corte total
Na questão do corte total, recomenda-se que a gestante não consuma em grande quantidade doces, café, álcool, frituras e ainda alguns alimentos mal passados, tendo em vista que algumas contaminações podem acontecer com alimentos que não estejam bem cozidos.
As que costumam frequentar academia e tomar suplementos alimentares, devem parar com esse costume.
Dieta #3 – Natural ao extremo
Mesmo que não seja a dieta mais recomendada pela maioria dos nutricionistas, algumas mulheres gostam de tornar-se natural ao extremo no momento da gravidez, consumindo apenas produtos “orgânicos” e também (em alguns casos) migrando para uma dieta vegetariana, buscando deixar para seu feto uma nutrição mais ligada a natureza e sua forma natural de desenvolvimento.
Para a aplicação de qualquer uma destas dietas, é de vital importância visitar um nutricionista e consulta-lo acerca dos riscos e benefícios.