Doença de Rhesus: ✓Causas ✓Sintomas ✓Tratamento

0


A Doença de Rhesus também é conhecida como Eritroblastose que significa “broto vermelho” ou doença hemolítica e que pode atacar o recém-nascido. É importante que a mãe saiba que existe essa doença e seja bem acompanhada pelo seu médico que a oriente para maior prevenção.

doença-de-rhesus

Causas da Doença de Rhesus

Surge da incompatibilidade dos fatores sanguíneos da mãe e da criança, onde o dela é Rh negativo e do bebê é Rh positivo.
Uma das formas em que se pode ocorrer é através de transfusão de sangue onde a mãe pode receber o Rh positivo. Se o seu sangue entrar em contato com o do bebê produzirá os anticorpos que vão combater os antígenos presentes nas hemácias (Rh+).
Se houver uma segunda gestação, esses anticorpos podem ultrapassar a placenta e destruir os glóbulos vermelhos do sangue do bebê. Se ele tiver antígenos A ou B não será afetado. Contudo, os anticorpos anti-Rh só são produzidos em organismos com Rh- quando recebem as transfusões de sangue Rh+.

Sintomas da doença

Hoje a ocorrência da doença é muito baixa em relação há décadas atrás. Não há sintomas específicos que auxiliem na sua detecção imediata, a qual poderá ser através da sensibilidade da mãe ao fazer algum exame ou transfusão sanguínea.
O método de prevenção aplicado é o de injeções de imunoglobulina anti-d na mãe que poderá ser submetida no pré-natal ou se necessário durante o período de gestação. Esta injeção auxilia na remoção de células sanguíneas for RhD fetais.
Caso contrário, se não houver essa precaução e ocorrer a doença o único prejudicado é o bebê que, de acordo com o nível de gravidade, poderá ser acometido pela anemia, cor dos olhos e da pele amarelada (icterícia) e nos casos mais severos a criança poderá sofrer com retenção de líquidos, insuficiência cardíaca fetal e chegar a óbito.
Se a criança sobreviver poderá ter sérios problemas neurológicos e físicos em consequência do não tratamento realizado onde houve o acumulo de bilirrubina no cérebro que poderá afetar e ocasionar vários danos cerebrais, cegueira ou surdez.

É possível prevenir a doença de Rhesus?

Além da aplicação de injeção de imunoglobulina anti-d uma das opções mais utilizadas é o exame de ultrassom para verificar o estado de saúde do feto e se o mesmo não apresenta algum quadro de anemia ou falta de força muscular.

doença de rhesus

Doença de Rhesus, como previnir?

Doença de Rhesus Tratamento

De acordo com a gravidade do acometimento poderá ser indicado o uso de fototerapia, aplicação de solução de anticorpos ou imunoglobulina intravenosa por meio de injeção ou transfusões de sangue e o exame do liquido amniótico.
Devido à eficiência desses tipos de tratamento, assim como a realização de exames pré-natais e as vacinações tornou-se difícil encontrar novos casos da doença.

Considerações Finais

Ainda que a ocorrência seja muito baixa diante do histórico de uma doença que já vitimou tanto mães quanto filhos devem-se ter maior cuidado quando a gestante se encontra em uma segunda gravidez onde há maior propensão para o seu surgimento.
A preocupação deve ser acentuada somente quando o sangue da mãe é Rh negativo enquanto o do feto é Rh positivo, caso contrário, não com o que se preocupar.
O importante é que a gestante siga todas as orientações medicas para prevenir doenças e ter uma gestação sadia.

1 Star2 Stars3 Stars4 Stars5 Stars (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave A Reply