Gravidez na Adolescência: Quais são os riscos para mamãe e bebê?

0

gravidez na adolescenciaA gravidez é uma oportunidade que a mulher possui que faltam palavras para descrever a emoção que ela sente ao saber que carrega em seu ventre uma criança. Mas nem sempre a gravidez acontece em um momento esperado como, por exemplo, durante a adolescência.



A gravidez na adolescência (até os 21 anos de idade) é considerada de risco, pois o corpo da jovem ainda se encontra em fase de desenvolvimento e amadurecimento, ou seja, ela não está preparada para gerar uma nova vida.

Quando uma gravidez ocorre na adolescência os cuidados devem ser redobrados e é importante que a jovem receba todo o carinho e atenção do namorado, da família e de seus amigos. Veja a partir de agora quais são os riscos que circundam uma gravidez na adolescência.

gravidez na adolescencia

Quais são os riscos de uma gravidez na adolescência?

Os riscos envolvem tanto a saúde da adolescente quanto do bebê, sendo que os mais comuns são os seguintes:

  1. Baixo peso do bebê → Tal problema pode ocorrer devido à dificuldade que uma adolescente possui em adquirir uma quantidade adequada de peso que geralmente a gestante adulta ganha.
    Desta forma, as chances da criança nascer com peso inferior ao padrão normal de 3,5 quilos são maiores.
    Além do mais, quando os bebês nascem com baixo peso podem apresentar os seus órgãos subdesenvolvidos e desenvolver problemas como, por exemplo, complicações intestinais, síndrome da angústia respiratória e até perda de visão.
  2. Chances maiores de eclâmpsia e a pré-eclâmpsia → São complicações que uma gestante está sujeita durante o período de gravidez e no momento do parto. São problemas sérios que podem provocar complicações de saúde, principalmente na criança como lesões em órgãos como os rins, cérebro, fígado e pulmões. Um dos sinais que indicam a possibilidade de ocorrência desse problema é quando a gestante sofre com a hipertensão arterial.
  3. Aumento do risco de depressão pós-parto e de rejeição do bebê → A depressão pós-parto é um problema que pode ocorrer em qualquer gestação, mas quando se trata de uma gravidez na adolescência a possibilidade é maior. Vários são os fatores que podem motivar esse problema psicológico como, por exemplo, a dificuldade de aceitação social por parte da jovem mãe, o medo de rejeição do namorado, dificuldades econômicas e não aceitação do novo corpo.
  4. Maiores chances de ocorrência de parto prematuro → Como já foi dito, o corpo da adolescente não está preparado para comportar o desenvolvimento de um feto. E se a menina tiver uma altura inferior a 1,60 cm poderá ter um quadril pequeno e isso pode ocasionar o aumento das chances de um trabalho de parto prematuro, onde o bebê corre o risco de nascer bem pequeno devido ao atraso do crescimento intrauterino.
  5. Possibilidade de abortos espontâneos → Os riscos de ocorrência de abortos espontâneos são grandes, pois o bebê possui maiores dificuldades de desenvolvimento por estar em um ventre de uma mãe adolescente. Ela deve ser orientada a não realizar grandes esforços como atividades físicas mais intensas e evitar o consumo de bebidas alcoólicas, drogas e cigarros.

gravidez na adolescencia

Gravidez na Adolescência: Como evitar?

A melhor alternativa é sempre a prevenção. Toda adolescente deve ser orientada sobre os perigos de uma vida sexual sem cuidados. Lembre-se que a saúde é um bem valioso!

Quer receber dicas exclusivas do blog? Cadastre o seu email para receber a nossa newsletter.

Este Artigo foi útil? Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (197 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave A Reply