1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

No post de hoje, trataremos de um assunto bem comum durante a gravidez: a HIPERÊMESE GRAVÍDICA. Quer saber mais? Então vem comigo!hipermese gravidica

O que é Hiperêmese Gravídica

Durante a gravidez a mulher sofre alterações hormonais e, muitas vezes pode apresentar um quadro de êmese gravídica.  Isto é, náuseas e vômitos no período da gestação.  

Por outro lado, a hiperêmese gravídica é a manifestação excessiva da êmese. Ou seja, as náuseas e vômitos são mais frequentes, atrapalham a rotina e dificultam a alimentação correta.

Ambos quadros apresentados são mais recorrentes nos primeiros três meses de gestação, mas podem variar o período conforme a gravidade da situação e as peculiaridades do organismo da mulher.

Vale ressaltar que a hiperemese  é uma alteração natural da fisiologia da gestante, e pode ser regulado com adaptações alimentares.

Causas da Hiperêmese Gravídica

Tanto na emese quanto na hiperemese gravídica,  as náuseas e vômitos tem ligação com a produção do hormônio HCG.

Assim, é possível que gestantes que produzem altos níveis de HCG sejam mais suscetíveis a hiperêmese. Porém, estes quadros não são ligados apenas a produção desse hormônio.

Por isso, essa ligação não é direta e a causa do problema não pode estar associada apenas ao hormônio.

Sobre o HCG
HCG ou Ganadatrofina Cariônica Humana é caracterizado por ser uma glicoproteína hormonal produzida nas células trofoblásticas maternas. As concentrações de HCG aumentam rapidamente no início da gestação e isso faz do HCG um ótimo marcador para testes de gravidez e tempo de gestação.

Sintomas da Hiperêmese Gravídica

Os principais sintomas da hiperêmese gravídica são:

  • Mal-estar;
  • Vômitos constantes após todas as refeições;
  • Emagrecimento;
  • Fraqueza;
  • Boca seca e quadro sem melhora mesmo após consumir medicação para enjôo.

Diagnóstico da Hiperêmese Gravídica

Ao perceber os sintomas acima descritos o indicado é procurar ajuda médica.

O médico responsável pelas avaliações pré-natal saberá que rumo tomar, após análise do quadro e requisição de exames, que medirá principalmente os níveis de estrogênio e HCG.

hiperemese-gravidica

HCG - Curiosidades
O HCG tem como principal função manter o corpo lúteo (corpo formado por um depósito de lipídios onde, anteriormente, o óvulo foi amadurecido). O corpo lúteo é responsável por secretar progesterona e estrogênio, o que é muito importante no início da gravidez. O HCG é o único hormônio exclusivo da gravidez.

O histórico médico também é um fator importante nessa etapa.

Encontrar um profissional confiável também é muito importante para ficar confortável com as orientações médicas. Para isso vale pesquisar bem antes de assumir um compromisso com um profissional duvidoso.

Pedir indicações para pessoas conhecidas pode ser um bom começo, lembrando que é possível realizar mais de uma consulta inicial até encontrar um médico que seja compatível com as necessidades de cada gestante.

Tratamento para Hiperêmese Gravídica

Em casos extremos, quando a gestante não consegue se alimentar, o indicado é internação médica e soro por via intravenosa com acompanhamento médico.

O principal tratamento para os casos de HIPERÊMESE GRAVÍDICA é feito através da reeducação alimentar, com auxílio de nutricionista, eliminando os alimentos que costumam causar enjoos, além da ingestão de medicamentos como Dramin B6.

O tratamento pode mudar de acordo com o histórico e quadro de cada paciente.

Prevenção

Não existe prevenção específica para esta doença, porém, é sempre recomendado, no início de toda gestação, seguir os seguintes passos:

  • Manter sua alimentação fracionada em curtos intervalos de tempo;
  • Evitar refeições pesadas (feijoada, mocotó, etc);
  • Assumir uma dieta balanceada;
  • Não consumir alimentos gordurosos e muito temperados.

É importante manter a dieta rotineira e lembrar que talvez não seja o período ideal para fazer experimentações gastronômicas

Author

Write A Comment