Histerossalpingografia – Saiba TUDO sobre o exame!

0


Hoje em dia, várias mulheres possuem problemas relacionados à infertilidade. Estes problemas podem ser genéticos ou também desenvolvidos com o passar do tempo devido a práticas tampouco saudáveis para o corpo e reprodução feminina.
Por isso, muitas vezes quando se tem dificuldade para engravidar é preciso que faça exames laboratoriais para que se detecte qual o problema envolvido e se tem possibilidade de cura.
Um desses exames requisitados por ginecologistas para saber o estado dos órgãos reprodutores da mulheres é a histerossalpingografia. Quer conhecer mais um pouco sobre este tipo de exame? Leia o artigo abaixo!

O que é histerossalpingografia?

A histerossalpingografia é um exame ginecológico com o objetivo de estimar as causas de infertilidade de uma mulher por intermédio de um raio-x do útero e também das trompas de falópio.
Resumindo, a histerossalpingografia possui o objetivo principal de avaliar a morfologia das tubas uterinas, mas especificamente constatar se estão dilatadas ou obstruídas. Além dessa informação citada, este exame pode fornecer também informações sobre a presença de malformações uterinas, sinequias uterinas ou pólipos, além de propor uma anatomia do útero.

Como é feito o exame de histerossalpingografia?

A histerossalpingografia é feita de uma forma intima e sem qualquer dano para o paciente. É realizado com a mulher em posição ginecologia, bem parecido com à coleta do exame de citologia oncótica, conhecida popularmente como Papanicolau.
Geralmente este exame é realizado no inicio do ciclo menstrual, entre o 6º e 12º dia, isto porque este exame diminui a chances da mulher estar grávida, pois acarretaria em um aborto por causa dos detalhes evasivo.
Para ter mais detalhes, no momento do exame é injetado através do orifício do colo uterino um líquido denominado contraste. Depois de injetado é realizada várias radiografias em sequencia com o objetivo principal de visualizar o caminho que o líquido percorre no interior do útero, em relação às tubas uterinas.
Com as imagens detectadas, é possível visualizar toda morfologia dos órgãos reprodutores da mulher, além de verificar todas as causas possíveis para a infertilidade.
Com todas as constatações em mãos, o médico ginecologista em questão pode agendar o tratamento ou procedimento para que essa mulher venha a ter filhos.
Todo processo da histerossalpingografia dura aproximadamente uns 15 minutos e é realizada na categoria hospitalar de radiologia.

Histerossalpingografia dói?

Esta pergunta é muito sugestiva, a questão da dor no momento da realização do exame varia muito de mulher para mulher. Normalmente não causa dor, mas possui alguns efeitos secundários como hemorragia vaginal, cólicas ou câimbras.
Pode sim que, no momento do exame, a mulher sinta algum desconforto na área de realizar do exame. Mas para isto a paciente pode tomar analgésicos ou anti-inflamatórios antes ou depois do exame.

Preço da Histerossalpingografia

Os preços desse tipo de exame podem variar muito de acordo com o laboratório escolhido. Portanto, o preço da histerossalpingografia pode variar entre 250 a 700 reais.
Está com alguma dúvida sobre o exame de histerossalpingografia? Diga-nos na área de comentários para que possamos solucionar suas dúvidas.

Histerossalpingografia – Vídeo com imagens reais

Leave A Reply