1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 4,00 out of 5)
Loading...

O HPV é uma dessas doenças sobre a qual muito se fala, mas poucos realmente sabem sobre, seja por vergonha de perguntar ou ir a um profissional. Antes de mais nada, HPV na boca ou em outra região do corpo é uma sigla inglesa que quer dizer Papiloma Vírus Humano, e cuja transmissão acontece na maior parte das vezes por contato sexual, detalhe este que muitas vezes causa a inibição das pessoas em procurar informação e tratamento. Esta ajuda é muito importante, pois, embora em suas fases iniciais o vírus não pareça nada mais do que um aborrecimento, ele pode causar perigosos tumores, matando através de câncer de colo de útero, e causar complicações para gestantes durante o parto. Veja abaixo os principais sintomas do HPV na Boca, tratamentos e fotos de HPV.

Transmissão e prevenção do HPV

Geralmente, o vírus do HPV fica alojado na boca ou nos órgãos genitais, local de contato com outros seres humanos. É tão básico quanto parece: através do contato durante sexo vaginal, oral e um simples beijo, uma pessoa pode passar HPV para a outra.

 

Prevenção do HPV na boca

Prevenir o HPV é simples, porém, exige um esforço de toda uma população. Como a principal via de transmissão ainda é a prática sexual, é necessário usar camisinha em todas as relações sexuais, pois, embora não previna em 100% dos casos, ainda é o método mais eficaz de prevenção. Tomar cuidado com quem e o número de pessoas com as quais possui intimidade sexual também é recomendado.

HPV na Boca Fotos e Imagens

HPV na Boca tem cura? Veja aqui os principais sintomas, tratamentos e fotos.
HPV na Boca tem cura? Veja aqui os principais sintomas, tratamentos e fotos.

 

Exames de HPV

Finalmente, realizar exames periódicos com um médico (algo entre um ano e seis meses, dependendo da sua vida sexual e número de parceiros sexuais), incluindo o exame de Papanicolau para as mulheres pelo menos uma vez por ano. Homens podem também contar com o exame de peniscopia. Obviamente, se você possui algum dos sintomas, deve evitar beijar e ter contato íntimo com as outras pessoas, e procurar um médico o mais rápido possível para iniciar seu tratamento.

HPV surge muitas vezes com aparência de afta, confundindo pacientes.
HPV surge muitas vezes com aparência de afta, confundindo pacientes.

Sintomas e tratamento do HPV

Infelizmente, contrair o Papiloma Vírus ou HPV não necessariamente quer dizer que haverá manifestação dos sintomas. Nos casos que a presença dele não é assintomática, é comum haver o aparecimento de pequenas verrugas na pele e mucosas. As lesões podem ser iguais a aftas ou ter a aparência de uma couve-flor. É comum que na boca apareçam na gengiva, céu da boca, na ponta e embaixo da língua. Algumas pessoas reclamam de dor de ouvido, dificuldade para falar, durante a mastigação e ao engolir. De qualquer maneira, existem exames para detectar a presença do vírus mesmo quando não visivelmente perceptível.

HPV na Boca tem cura? Confira nosso artigo.
HPV na Boca tem cura? Confira nosso artigo.

Dependendo do estágio e nível de contaminação, o tratamento do HPV na boca ou HPV envolverá medicamentos tópicos como pomadas e remédios para fortalecimento do sistema imunológico. Além da opção clínica, pode-se optar por um tratamento cirúrgico, utilizando cauterização química ou elétrica, crioterapia ou laser. Nos casos aonde há presença de um câncer, a cirurgia convencional é necessária. A reinfecção é uma possibilidade e devem haver cuidados para evitá-la.

Vacina Contra HPV

Existe uma vacina contra o HPV (ou HPV na boca), chamada Vacina Quadrivalente, que previne alguns casos de HPV, entre os quais estão grandes responsáveis por condilomas e câncer de colo uterino. São aplicadas em três doses, distribuídas ao longo de seis meses, e indicadas para mulheres de nove a 26 anos de idade.

Vacina contra HPV - Eficácia ainda duvidosa e questionada por médicos e pacientes.
Vacina contra HPV – Eficácia ainda duvidosa e questionada por médicos e pacientes.
Author

4 Comments

  1. Quero saber se quem tem Hpv anal, e ja tomou vacina e fez cirurgia pode ter a chance de ter a cura, ou fortalecer o vírus levando a ter lesões em outros lugares após uma relação sexual?

    • denise Reply

      As feridas podem curar-se em pouco tempo porém o HPV permanece em 90% dos casos por até 2 anos, até curar-se por completo. Vai depender do seu sistema imunológico!

Write A Comment