Icterícia em recém-nascidos → Como lidar com essa doença?

0


Muita gente não sabe, mas a icterícia é uma síndrome que afeta o recém-nascido, o que ocasiona a cor amarelada na pele e também da parte branca dos olhos.

Essa síndrome tem seu início entre um a dois dias depois de nascido, isso é causado devido ao excesso de bilirrubina na corrente sanguínea. Quer saber mais sobre essa patologia? Então leia o texto abaixo.

O que é a bilirrubina que causa a Icterícia?

ictericia fototerapia luz do solA bilirrubina é uma substância produzida através do metabolismo das células vermelhas presentes no sangue, sendo a mesma constituída de uma coloração amarelada.
A síndrome da Icterícia ocorre quando o fígado apresenta dificuldades em metabolizar toda a bilirrubina, fazendo com que ela se concentre na corrente sanguínea.
A cor amarelada tende a desaparecer lá pelo décimo dia de vida, sendo assim importantes os banhos de sol de manhã e no final da tarde.

Qual a gravidade da Icterícia? É uma doença?

A icterícia manifestada da forma que citamos acima não é considerada uma doença.

Icterícia Prematura ou Fisiológica

Essa disfunção atinge em média 50% dos recém-nascidos e com mais frequência os bebês prematuros. A patologia também é conhecida chamada de icterícia fisiológica ou icterícia prematura.

ictericia recem nascidos

Icterícia em recém-nascidos: Conheça as causas!

Outros tipos de Icterícia

Temos também mais dois tipos de icterícia, esses mais graves por isso requer muito mais atenção e cuidados, a icterícia por incompatibilidade sanguínea, sendo percebida logo no primeiro dia de vida do bebê.

Isso acontece porque a mãe possui anticorpos que varrem as hemácias, elas compõem os glóbulos vermelhos do sangue, produzindo assim a bilirrubina. O devido tratamento irá depender do grau de severidade da síndrome e do peso do recém-nascido.

Os tratamentos mais comuns para um grau de severidade mais avançado são o banho de luz ou a exsanguineotrasfusão, que é a substituição total do sangue do bebê por um sangue novo sem bilirrubina.

Outra coisa que pode ocasionar a icterícia é o leite materno, que afeta de 1% a 2% dos lactentes, neste caso não se sabe ainda o porquê isso ocorre, pode ser devido a alguma substância presente no leite materno, sendo assim é recomendado à suspensão do aleitamento por um ou dois dias ou então o banho de luz.

São raríssimas às vezes em que o excesso dessa substância venha a se acumular no cérebro acarretando algum dano ao mesmo.

Essa síndrome aparece em bebês saudáveis, não sendo então um acontecimento que cause maiores preocupações, caso você já esteja em casa com seu bebê e está na dúvida se ele tem ou não a síndrome a dica é levá-lo para um local claro, dar uma pequena pressionada em seu tórax na hora em que você parar de pressionar a pele se a mesma ficar amarelada leve-o ao pediatra ou a maternidade mais próxima, mas atenção não é preciso se apavorar, pois isso é muito comum em recém-nascidos.

No caso de crianças de pele mais escura é só observar a parte branca dos olhos, as mesma podem indicar o aparecimento da síndrome.

Icterícia Tratamento – Quando procurar ajuda médica?

  • A cor amarelada ficar mais forte ao 7º dia de vida;
  • Se a coloração amarelada não desaparecer ao 15º dia de vida;
  • Quando o bebê não conseguir ganhar peso;

Fototerapia

A fototerapia vem se mostrado eficaz nos casos mais severos da icterícia. Tanto a laboratorial quanto a luz solar são eficazes e a indicação vai depender do estado em que o pequeno se encontra.

Outras dicas

  • Banhos de sol periódicos, de manhã sempre até as 10:00 e a tarde após 16:00;
  • Aleitamento materno é o mais importante para que o bebê tenha saúde, portanto só interrompa se for orientação médica.
    No mais essa síndrome não é para maiores preocupações.

Leave A Reply