1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (5 votes, average: 4,60 out of 5)
Loading...

O mofo é desagradável não só visualmente pois o mesmo possui cheiro ruim e causa o surgimento ou desenvolvimento de variados problemas de saúde devido à proliferação de fungos que são provenientes do acúmulo dos bolores e da umidade.

O mofo pode surgir nas paredes, no chão (se, por exemplo, houver piso de madeira), nos móveis, roupas e até nos alimentos.

Quando uma pessoa ou animal se aproxima de um local com mofo acaba espirrando. Mas se ficasse por aí tudo bem, só que pode fazer aparecer 5 doenças, as quais você conhecerá nos próximos parágrafos. Continue comigo.

Doenças causadas pelo Mofo

Confira abaixo a lista de doenças causadas pelo mofo:

  1. Asma Alérgica

É uma das doenças respiratórias crônicas mais conhecidas. As vias aéreas de um indivíduo são obstruídas devido a um processo inflamatório. Além da tosse, pode sentir fadiga, falta de ar, sufoco e dor ou pressão no peito.

Além do mofo, outros fatores que podem provocar uma crise de asma são: os ácaros (presente em cortinas, colchões e travesseiros), poeira, pelos de animais e cheiros fortes no ambiente. É importante que o local seja bem arejado e tome sol durante uma parte do dia.

  1. Sinusite fúngica

Como o próprio nome indica é um tipo de sinusite provocada pela ação de fungos que se alojam na cavidade nasal causando inflamação. A sinusite provoca dor na face, dificuldade para respirar, secreção, congestão nasal, dor de cabeça, mau hálito e até diminuição da capacidade de sentir o cheiro das coisas.

Quando acontece uma crise de sinusite o procedimento caseiro que mais auxilia no alívio dos sintomas é a nebulização com óleos essenciais como o de eucalipto que ajuda a desobstruir justamente a cavidade nasal afetada e promove o alívio das dores.

Os perigos do mofo para a saúde: Veja as 5 maiores ameaças

  1. Aspergilose broncopulmonar alérgica

Também conhecida pela sigla (ABPA) é considerada um tipo de asma rara. Pessoas que sofrem com outros tipos de asmas ou fibrose cística são mais suscetíveis a este tipo de alergia que é provocada pelo fungo Aspergillus fumigatus, o qual pode ser encontrado tanto no chão, como na poeira e na água.

Os seus principais sintomas são: febre baixa, chiado no peito, falta de ar e tosse com muco, cujas manchas são acastanhadas.

  1. Micose broncopulmonar alérgica

Também conhecida pela sigla (MBA) que é causado pela ação dos fungos Candida albicans e Aspergillus terréus. Os seus sintomas são semelhantes à de uma gripe, e por isso geralmente nem sempre o diagnóstico é realizado imediatamente, mas quando feito o tratamento gera resultados satisfatórios.

Quando se percebe que não se trata de uma gripe é comum observar certa preocupação com a possibilidade de que seja uma pneumonia devido aos seguintes sintomas: febre baixa, tosse e dores no corpo (como nas costas e região do peito).

  1. Síndrome do Edifício doente

É causada por possíveis falhas na ventilação, no sistema de ar condicionado ou no sistema de aquecimento provocando o surgimento de mofo nas paredes, móveis e carpetes de ambientes como prédios públicos, condomínios e escritórios.

Dentre os principais sintomas causados estão: tosse, coriza constante, dificuldade para respirar e coceira nos olhos.

Os perigos do mofo para a saúde: Veja as 5 maiores ameaçasDentre os principais sintomas causados estão: tosse, coriza constante, dificuldade para respirar e coceira nos olhos.

Mofo: Como evitar e resolver?

Algumas ações simples podem auxiliar no combate ao mofo como, por exemplo: deixar janelas e portas abertas (para aumentar a ventilação), expor roupas e cobertores ao sol e deixar as estantes abertas. Lembre-se que os grandes aliados do mofo são: a umidade e a falta de ventilação, ok? Curta e compartilhe esse artigo nas suas redes sociais. Até!

Author

Write A Comment