1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (3 votes, average: 4,67 out of 5)
Loading...

É uma espécie de parto que também pode ser conhecido como: Parto por Vácuo Extrator, ou seja, PARTO A FORCEPS que consiste em retirar um bebê do ventre de sua mãe, por meio de um instrumento: o fórceps, ou um tipo de ventosa que pode ser de metal ou silicone.

Este recurso é utilizado pelo medico conforme a necessidade de se puxar a criança ou auxiliar a mãe que sozinha não consegue “expulsar” a criança de seu ventre. Neste artigo você verá como é realizado este tipo de intervenção e quais são os modelos de parto existentes. Conheça comigo.

Parto a Forceps Vacuo Extrator
Na imagem, Parto a Fórceps com auxílio do Vácuo Extrator sendo ilustrado.

O que é e como se realiza o parto a fórceps?

É um tipo de procedimento cirúrgico que se realiza no final do parto, para a retirada da criança da barriga da mãe. O medico poderá utilizar de duas pás alongadas , cujas pontas se curvam para se encaixarem corretamente a cabeça do bebe. Se no ato cirúrgico o medico precisar, poderá utilizar uma ventosa que nada mais é do que um tipo de semicírculo de silicone ou metal que é ligado a uma bomba pequena a vácuo, cujo encaixe é para se fixar melhor na parte de trás da cabeça do bebê

Parto a Forceps e Parto Ventosa
Diferenças entre Parto a Fórceps e Parto com Ventosa.

Em que situações o parto a fórceps é utilizado?

O médico recorre a este recurso quando percebe que no final do parto a criança não consegue sair e fica “agarrada” na saída da barriga, ou então quando a mãe já não consegue por si só expulsar a criança. Deste modo para poupar sofrimentos a ambos, o médico utiliza deste recurso para assim finalizar o parto.

O parto a fórceps pode machucar a mãe e o bebê?

Parto com Ventosa
Bebê sendo retirado com auxílio da ventosa.

Sim. É possível que aconteça, ainda quando o médico encontrar certa dificuldade de ajustar o fórceps entre a cabeça da criança e a barriga da mãe. A gestante após o parto poderá sentir dor e dificuldade para urinar ou mesmo manter o controle da urina. Há relatos que algumas pacientes sentiram prisão de ventre e algumas outras que ficaram com algum outro tipo de dano nas regiões do ânus e/ou bexiga ocasionada pelos fórceps.

Quanto ao recém-nascido, este pode nascer com algum machucado superficial e pequeno na cabeça, ou ficar por alguns dias com algum dos lados da boca caído. Em ambas as situações as consequências do parto são temporárias e o bebê se desenvolve naturalmente sem sequelas.

Parto a Fórceps Vídeos

 

Outros tipos de parto:

O parto a fórceps é um tipo de intervenção cirúrgica. Mas existem outros, como você pode verificar:

Cesária: É caracterizada pelo ato cirúrgico e a gestante é submetida à anestesia geral para ser feito o corte em sua barriga. Hoje é o tipo de parto mais realizado.

 

Author

Write A Comment