1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Há alguns anos, o movimento do Parto Humanizado vem tomando conta das rodas de conversas de futuras mamães, médicos e especialistas. O assunto sobre Parto Humanizado, seus benefícios, por que ou não optar por ele, Parto Humanizado no SUS e Parto Humanizado na água, não é novo, mas voltou com força total e, atualmente, vem sendo muito pesquisado e desmistificado na sociedade: vale a pena arriscar o parto humanizado? A gravidez é uma época importante na vida da maioria das mulheres, é o momento em que elas curtem cada mês de gestação e o bebê que vai chegar, mas, muitas vezes, as inseguranças tomam conta da futura mamãe quando o assunto é o momento do parto.

Não é difícil encontrar mulheres que têm medo do parto, já que elas costumam ouvir histórias de quando suas avós sofriam muito durante o trabalho de parto. A dúvida fica ainda maior quando se ouve que parto humanizado tem a ver com dor e falta de analgesia na mulher. Se engana quem acredita nisso. Abaixo vamos explicar o que é o parto humanizado e como ele funciona.

O que é o parto humanizado? Quais os benefícios do Parto Humanizado?

Diferentemente do que muita gente pensa, o parto humanizado nada mais é do que um parto onde a prioridade é respeitar o tempo, corpo e fisiologia humana feminina, não apressando nem pressionando nada.

Parto Humanizado - Escolha cada vez maior entre as futuras mamães!
Parto Humanizado – Escolha cada vez maior entre as futuras mamães!

Esse tema voltou às rodas de conversa devido a um dado cada vez mais alarmante. O Brasil é o país com o maior número de cesáreas do mundo: em rede pública, o número é de 52%. Já na rede particular, o índice é  ainda mais preocupante: 90%. Isso acontece por uma série de fatores que vão desde a facilidade em se escolher um dia para o bebê nascer, o medo de sentir dor e, sobretudo, a imposição de médicos, principalmente da rede particular, que insistem em agilizar o processo e liberar de forma mais rápida leitos e salas de cirurgia.

Alguns estudos já comprovam que, no caso em que não há risco nem para mãe, nem para o bebê, o parto humanizado é mais seguro e evita complicações desnecessárias que acontecem durante uma intervenção cirúrgica.

Como acontece o parto humanizado?

O parto humanizado pode acontecer em casa, no hospital ou, até mesmo, em um local em que a gestante se sinta relaxada, ele também pode ser acompanhado por uma parteira, enfermeira e até médico, tudo isso vai depender de como você e seu médico vão decidir, e do seu pré-natal.

Em resumo, ele funciona da seguinte maneira: a mulher espera até que sua bolsa estoure e ela entre em trabalho de parto. Depois disso, ela espera até a hora certa para o bebê nascer. Nesse tipo de parto, a mulher pode ou não escolher tomar analgesia – ao contrário do que é dito, e muita gente imagina, a mulher pode tomar anestesia para aliviar as dores, mas isso é uma escolha dela.

parto-humanizado-fotos

Parto Humanizado no SUS?

É possível realizar o parto Humanizado pelo SUS. O acompanhamento durante a gravidez é necessário e o obstetra deve dar a liberação de acordo com histórico da gestação, mamãe e bebê.

Parto na Água

No parto humanizado, você pode escolher ter o bebê na posição vertical, horizontal e, até mesmo, dentro da água, como você preferir.

Para a realização do Parto Humanizado na Água apesar dos riscos serem basicamente os mesmo de um parto normal, os cuidados devem ser redobrados em virtude da gestante estar fora do ambiente hospitalar.

Tipos de Posição para Parto Humanizado

Outra coisa que a gestante escolhe é como ela prefere ter o bebê. No hospital, somos obrigadas a ter nosso bebê na posição horizontal, que na verdade é mais confortável para o médico, e não para todas as mães. No parto humanizado, você pode escolher ter o bebê na posição vertical, horizontal e, até mesmo, dentro da água, como você preferir.

Na imagem abaixo você pode conferir algumas posições do parto humanizado.

tipos-de-parto-humanizado

 

Author

Write A Comment