Category

Saúde

Category

Se você se tornou mãe recentemente ou está prestes a se tornar, já é bom ficar ciente das doenças e problemas que pode atingir as crianças. Uma dessas doenças é a Bronquiolite, uma infecção infantil muito comum.


O que é Bronquiolite?

A bronquiolite é caracterizada pelo acúmulo de muco e inchaço nos bronquíolos. Os bronquíolos são passagens de ar pequenas que existem nos pulmões. Se há o acúmulo de muco nessas passagens, a capacidade respiratória fica comprometida.

o que é bronquiolite

Hoje você verá quais são as causas dessa doença, os sintomas que ela apresenta e as melhores formas de tratar. Confira tudo a seguir!


Causas da Bronquiolite

Na maioria dos casos a bronquiolite é causada quando um vírus infecta os bronquíolos e raramente é causada por uma bactéria. O vírus acaba causando o inchaço dessa região, deixando as passagens inflamadas e causando o acúmulo de muco, dificultando o fluxo de ar.

bronquiolite causas

O vírus que causa a doença é bem comum em crianças com até 2 anos de idade, surgindo principalmente no outono e inverno. A bronquiolite também pode ser causada pelo mesmo vírus responsável pelas gripes e resfriados.

Cuidados Essenciais:
É preciso ter cuidado, pois ela é uma doença contagiosa. O vírus é contraído através do ar, quando uma pessoa doente acaba tossindo, espirrando ou simplesmente falando. A doença também pode ser transmitida por meio de objetos.

Fatores de Risco da Bronquiolite

Por mais que seja causada pelo vírus e que em muitos casos não há como evitar, há alguns fatores que aumentam o risco da criança desenvolver a bronquiolite. Por exemplo, se a criança sofrer com falta de amamentação, o seu sistema imunológico estará muito mais fraco e ela estará mais propensa a desenvolver o problema.

Outros fatores de risco são:

  • Exposição à fumaça do cigarro;
  • Nascimento prematuro;
  • Frequentar ambientes muito cheios;
  • Contato com outras crianças.

Sintomas da Bronquiolite

A bronquiolite se manifesta como uma leve infecção respiratória, evoluindo para mais problemas respiratórios após dois dias.

Bronquiolite sintomas

Os sintomas da bronquiolite consistem em:

  • Chiado no peito;
  • Tosse;
  • Respiração rápida;
  • Fadiga;
  • Febre;
  • Pele azulada pela falta de oxigênio;
  • Dificuldade para respirar.
Observe...
A intensidade dos sintomas pode variar de criança para criança. Além disso, algumas podem apresentar poucos sintomas, enquanto outras apresentam sintomas mais leves.

No entanto, caso se depare com dois ou mais sintomas mencionados acontecendo juntos, não perca tempo e vá ao médico.


Tratamento para Bronquiolite

Felizmente, na grande parte dos casos, a bronquiolite pode ser tratada de casa.

O tratamento consiste no uso dos medicamentos indicados pelo médico que irão melhorar a congestão nasal.

Além disso, é preciso beber bastante líquido para manter o corpo hidratado e funcionando.

Crianças menores de um ano de idade devem ingerir bastante leite materno.

Bronquiolite tratamentos alternativos

Os medicamentos mais usados para bronquiolite são os seguintes:

  • Cefanaxil;
  • Leucogen;
  • Meticorten.

Espero que tenha ajudado você a entender melhor a bronquiolite. Deixe seu comentário, para nós ele é muito importante.

Atualmente, muitas mulheres possuem algum problema relacionado à ovulação.

Sabendo que, problemas nessa fase reprodutiva da mulher, podem impedi-la de engravidar, as mesmas procuram por medicamentos que estimulem neste processo para que tudo transcorra como se estivesse funcionando normalmente. Um dos medicamentos  mais indicados para este tipo de problema é o clomifeno, conhecido popularmente como clomid. Quer conhecer mais um pouco sobre este medicamente? Leia o artigo abaixo!

Quer ENGRAVIDAR NATURALMENTE sem uso de indutor? Então CLIQUE AQUI ou no Botão abaixo:

eu-quero

O que é o Clomid e Para que serve?

O clomid é um medicamento no qual é indicado com objetivo de estimular a ovulação em mulheres que não ovulam.

Com propriedades anti-estrogênicas, o clomid age de uma forma no qual inibe os efeitos do estrogênio, um hormônio ligado ao comportamento feminino, elevando assim a secreção cerebral de vários outros hormônios, como FSH e LH, que fazem com que o ovário não ovule.

O Clomid é encontrado cientificamente pelo nome de clomifeno e produzido geralmente pela Medley.

Modo de uso do Clomid – Como tomar Clomid?

Para usar o clomid é preciso que consulte um médico para que possa passar as determinadas orientações sobre o modo de uso do clomid.
Mas, comumente, o tratamento com CLOMID consiste em basicamente três ciclos, são eles:

  1. O primeiro ciclo consiste em uma dose com 50 miligrama, 1 comprimido ao dia durante um período de cinco dias. Caso a ovulação ocorra durante este primeiro ciclo, não há necessidade de continuar com os dois próximos.
  2. O segundo ciclo consiste em uma dose de 100 miligramas, no caso, 2 drágeas, no decorrer de cinco dias, depois de 30 dias do primeiro ciclo.
  3. Já no terceiro ciclo a dose não é aumentada.
Clomid Clomifeno para Engravidar
No mundo inteiro, Clomid é conhecido como um dos medicamentos mais eficazes para auxiliar a mulher engravidar, tratando a infertilidade.

Preço do Clomid

Os preços do clomid variam muito de acordo com estabelecimento e região. Mas, é possível encontrar valores próximos a 40 reais, dependendo também do valor da dosagem.
Existem várias farmácias online que possui o aval para vender este tipo de medicamento, como: Ultrafarma e também na Onofre, onde geralmente encontramos os melhores preços. Basta comparar os preços de cada uma, assim como a verificar a data limite da entrega de cada medicamento na sua cidade.

Contraindicações – Clomid Bula

Como todo medicamento, o Clomid também possui suas contraindicações. Por isso, é preciso que fique bem atenta caso atenda a algum desses requisitos que serão citados abaixo.

Mulheres grávidas, lactantes, pacientes com cisto no ovário, metrorragia, insuficiência hepática e também com hipersensibilidade a qualquer substancia presente na composição deste medicamento não se deve tomar.

 

Clomid para engravidar
Clomid é um medicamento para tratar infertilidade – Ele irá te ajudar a engravidar mais rapidamente, caso encontre dificuldades porém só deve ser ingerido sob prescrição médica, na quantidade indicada para não causar danos a saúde da mulher.

Efeitos colaterais do Clomid – Bula

É preciso estar atento aos efeitos colaterais do Clomid. Caso os efeitos persistam fortemente, é indicado procurar um medico para que o mesmo lhe indique se deverá parar o tratamento ou diminuir a dosagem.

clomid efeitos colaterais

Aumento da frequência urinária, peso e ovários; depressão, desconforto na barriga, edema, erupção na pele, fadiga, náusea, nervosismo, ondas de calor, queda de cabelo, sangramento uterino anormal, tontura, urticárias, vomito e “vermelhidões” no corpo são apenas alguns dos efeitos do clomifeno no corpo.

Está com alguma dúvida relacionada ao medicamento clomid? Diga-nos na área de comentário para que possamos tentar ajudar!

A asfixia neonatal também pode ser chamada de asfixia perinatal. Esse problema é uma das maiores causas de mortalidade perinatal e morbidade neurológica.

O que é Asfixia Neonatal/Perinatal?

A asfixia perinatal acontece principalmente quando o fornecimento de nutrientes da mãe para o feto é diminuído, causando a má perfusão de órgãos vitais. Essa asfixia pode ocorrer no trabalho de parto, no nascimento e no período de pós-parto.
Asfixia Neonatal

 O risco de asfixia nessas partes é muito alto, pois o recém-nascido ainda está se acostumando à vida fora do útero, sofrendo com alterações nas vias circulatórias.  É preciso que logo após o parto ocorra a expansão dos pulmões e o início da respiração do recém-nascido, de modo contrário a asfixia aparecerá.

Causas da Asfixia

As principais causas da asfixia perinatal podem incluir fatores maternos, fetais e muito mais.

As principais causas maternas da Asfixia Neonatal são:

  • Cardiopatia;
  • Convulsões;
  • Nefropatias;
  • Hipertensão arterial crônica;
  • Diabetes;
  • Hemoglobinopatias;
  • Ruptura prematura de membranas.

Já as causas fetais da Asfixia Perinatal são:

  • Prematuridade;
  • Fetos grandes demais;
  • Malformações congênitas;
  • Infecção congênita.

As causas da Asfixia Neonatal durante o parto são:

  • Placenta prévia;
  • Apresentação anormal;
  • Nó verdadeiro de cordão;
  • Depressão respiratória por drogas.

Por último há as causas neonatais que são:

  • Imaturidade pulmonar;
  • Hemorragia;
  • Anemia;
  • Distúrbios metabólicos;
  • Pneumotórax.

Como evitar a asfixia Neonatal? – Prevenção

Somente os médicos sabem como evitar essa condição, sendo que muitas vezes não há como impedi-la.

Asfixia Neonatal e perinatal são a mesma coisa

Se houver complicações no parto, os profissionais presentes farão tudo que estiver ao alcance para contornar a situação e ajudar o recém-nascido a começar a respirar.

Durante a gravidez, a mulher pode evitar determinadas situações que podem prejudicar o feto, como: uso cigarro, bebidas alcoólicas, entre outros.

Em muitos casos a asfixia neonatal não está relacionada diretamente à mãe, sendo uma condição que aparece não importa quantos cuidados são tomados.

O que você deve fazer é ter uma gravidez tranquila, longe de fatores de risco e seguir todas as recomendações médicas.

Tratamento para asfixia neonatal

Os médicos farão tudo que for possível para controlar a asfixia neonatal. Eles devem ter controle sobre a frequência cardíaca do recém-nascido, assim como realizar exames e ajudá-lo no processo de respiração.

Os médicos e enfermeiras deverão sempre examiná-lo para verificar como está o processo e adotar medidas que acelerem o processo de respiração, livrando o recém-nascido dessa situação.

asfixia neonatal

Geralmente o problema consegue ser resolvido em uma ou duas semanas, mas lembre-se que há vários casos em que não houveram bons resultados.

Como facilitar o parto?

O parto pode ser facilitado com alguns hábitos que a mulher pode adquirir ao longo da gravidez, como uma caminhada. Confira as dicas abaixo:

  • Caminhar ao ar livre pode ajudar o ritmo das contrações, diminuindo tanto a dor do trabalho de parto quanto o tempo de duração.
  • Uma mulher no trabalho de parto também pode subir as escadas com calma, o que facilita o nascimento. A dança também é uma boa amiga, pois ela faz com que o bebê se movimente, podendo facilitar na hora do parto.
  • Além disso, tente urinar de 1 em 1 hora e beber bastante água para manter a hidratação.

Espero ter ajudado você a entender melhor a asfixia neonatal.

Os bebês recém-nascidos podem sofrer com hemangiomas, um quadro de saúde desconhecido por milhares de pessoas, principalmente os pais de primeira viagem.

É preciso conhecer esse quadro e saber do que se trata para que possa diagnosticá-lo e levar o bebê ao médico o mais rápido possível.

hemangiomas o que e

O que é Hemangioma?

O hemangioma nada mais é do que uma mancha que surge na pele do recém-nascido após as primeiras semanas do parto, geralmente avermelhada.

Esses hemangiomas tendem a ser planos e congênitos.hemangiomas o que e

Os hemangiomas aumentam de tamanho até o primeiro ano de vida do recém-nascido. Ao longo dos anos eles podem diminuir e até mesmo desaparecer, sem apresentar nenhum risco para a saúde. Veja mais sobre esse quadro a seguir.

Hemangiomas e Suas Características...
O hemangioma é um tumor benigno caracterizado por manchas avermelhadas e de aspecto plano pelo corpo, que podem aumentar e até mesmo engrossar com o tempo.

No entanto, essas manchas também tendem a desaparecer depois de alguns anos, encolhendo sozinhos. A tendência é que com 5 anos de idade a criança já não tenha nenhuma hemangioma.

Quando surgem, podem ser vistos com uma pequena saliência na pele, além do aspecto avermelhado. O hemangioma não surge apenas na pele, mas também nos órgãos internos como fígado e rins.

Causas e Sintomas das Hemangiomas

As causas desse problema ainda estão sendo estudadas. Ela possui algumas características genéticas, no entanto sua origem também ocorre através do mau funcionamento das células, o que gera desequilíbrio na formação do sistema vascular.

Os estudos realizados até agora mostraram que o problema atinge principalmente as meninas e os bebês prematuros. As meninas são mais propensas a desenvolver devido a sua maior quantidade de hormônios.

hemangiomas riscos

Esse problema não apresenta sintomas além das características da pele que já mencionamos, podendo ser facilmente diagnosticado pelo pediatra. Podem aparecer em qualquer região do corpo, mas suas regiões favoritas são o pescoço e a cabeça.

Riscos da Hemangioma

Os pais não precisam se preocupar, pois a doença não traz nenhum risco para a saúde da criança. Não há nenhuma possibilidade de virar um câncer no futuro, no entanto é preciso estar atento, já que há alguns casos em que é preciso cuidados especiais, principalmente quando o problema atinge os recém-nascidos ou prematuros.

Dependendo do local da hemangioma ela pode até mesmo sangrar ou ainda quando ataca os olhos, impedindo a visão. Fora esses casos, não há nenhum risco para a saúde e pode ser contornado ao longo do tempo.

Hemangioma: Tratamentos

É indicado que os pais tratem o problema desde o início, preferencialmente desde o primeiro mês de vida, pois assim a criança poderá se curar e não sofrerá com danos.

Se houver lesões na fase inicial, o tratamento consiste no uso de medicamentos no local.

Em estágios mais avançados, onde o crescimento está grande, o tratamento deve ser feito com corticoides, pois eles ajudam a diminuir as lesões e controlam as demais para que não cresçam. Em casos específicos pode-se adotar o tratamento a laser ou uma cirurgia.

O vaginismo é um problema que pode causar dor e/ou desconforto durante relações sexuais. No entanto, o vaginismo não é o único diagnóstico para esse sintoma, sendo de grande importância procurar o médico para que ele possa identificar o problema.

Caso o problema seja vaginismo, ele vem acompanhado de outros sintomas e problemas, assim como pode ser diferenciado de acordo com tipos. Hoje aprenda o que é vaginismo, conheça os seus tipos principais e veja porque é causado.

Vaginismo


 

 

O que é Vaginismo?

O vaginismo trata-se de um problema que causa uma contração involuntária dos músculos que se encontram perto do orifício da vagina. Essa contração impede que a penetração ocorra de forma natural e por isso causa dor, dificuldade e em muitos casos pode impossibilitar a mulher de se relacionar sexualmente.

Existe o vaginismo primário e o secundário, cada um possuindo suas características e suas causas, assim como tratamentos. Hoje você poderá conhecer esses dois tipos e ficar ciente de tudo que precisa saber para identificar o problema.


Tipos de Vaginismo: Primário e Secundário

O vaginismo primário é aquele que acompanha a mulher desde a sua primeira relação sexual. Esse tipo é aquele em que a penetração não pode ser atingida, devido ao fato de que se acontecer, poderá gerar dores insuportáveis e machucados.

vaginismo primario
O vaginismo primário geralmente acompanha a mulher que sofre do mal desde a primeira relação sexual

Se houver tentativas, elas podem gerar dificuldade para respirar e espasmos musculares. Esse tipo de vaginismo também tende a dificultar exames ginecológicos e impede a colocação de absorventes internos.vaginismo tipos primario e secundario

O vaginismo secundário é aquele quando a mulher já teve relações sexuais um dia, mas em determinado momento as dores e os espasmos começaram a surgir. Esse tipo pode acabar surgindo em qualquer idade, mas há mais riscos na menopausa, após o parto e também pode surgir devido às infecções na vagina.


Causas do Vaginismo

Há diversas causas para o surgimento de ambos os tipos de vaginismo. O vaginismo pode ser confundido com outras doenças e problemas, mas para diferenciá-lo, é preciso se certificar de que ocorre a contração involuntária dos músculos.

As causas do vaginismo primário geralmente são psicossomáticas, ou seja, possuem ligação direta com a criação da mulher, histórias de abuso na infância, medo do sexo e outros motivos.

O vaginismo secundário também pode ter uma dessas causas, mas também pode ser causado por problemas físicos como por exemplo:

Em geral, as causas podem envolver tantos fatores físicos quanto psicológicos, por isso é essencial procurar um médico.


Vaginismo tem cura? Veja o Tratamento

O vaginismo tem cura e o tratamento depende exclusivamente da causa.

Vaginismo Tem Cura?
Em geral, o tratamento é feito por médicos e psicólogos, que irão detectar o problema e criar um tratamento específico. No caso de infecções, poderão ser usados medicamentos que acabem com elas. Também podem ser indicados géis para relaxar a musculatura da região pélvica.

vaginismo diagnostico

Se você se deparar com um ou mais dos sintomas, procure o médico para que ele faça os exames indicados e possa identificar o problema.

A diástase  se caracteriza por uma linha funda que pode começar nos seios e chega até a altura do umbigo. Essa linha separa o abdômen em dois. Se você tem dúvidas sobre a  DIÁSTASE, hoje você entenderá O QUE É, as causas da diástase, quais são os sintomas que ela traz, como tratar e se previnir.

Diástase causas sintomas tratamento


Causas da Diástase

A diástase é um problema que surge na vida das mulheres grávidas, mas que não é muito falado. É muito comum, assim como os inchaços que tendem a surgir nos pés e nas mãos. Entretanto, é fundamental conhecer o problema para melhorar o diagnóstico e fazer com que seja identificado no início.

Os médicos informam que a principal causa da diástase nada mais é do que a fraqueza dos músculos abdominais que acabam se estirando para abrigar o feto. No entanto, a diástase também pode ser causada por outros fatores como:

  • Excesso de peso (caso o bebê seja grande);
  • Múltiplas gestações;
  • Desnutrição;
  • Excesso de líquido amniótico;
  • Gestante ter mais de 35 anos;
  • Gestação de gêmeos.

Diversas causas podem causar o problema e aumentar o risco do surgimento. É fundamental ter acompanhamento médico para ele identificar essas causas e poder lhe ajudar a passar pela gestação da melhor forma possível, sem muitas complicações.


Sintomas e Diagnóstico da Diástase

A DIÁSTASE pode ocorrer durante a gestação, mas consegue ser identificada mais facilmente após o nascimento do bebê.

Os sintomas da diástase são comuns e se caracterizam por:

  • Dores frequentes na lombar e também próximas às nádegas;
  • Surgimento de um espaço que acaba separando os dois lados da musculatura abdominal.

A diástase pode ser diagnosticada pela própria mulher.

Para descobrir se você está com o problema, é simples
Você deve se deitar no chão e flexionar o tronco levemente para formar um ângulo de 45ºC. Passe sua mão sobre o abdômen e verifique se há um espaço separando os dois lados.

Ainda assim é preciso de um diagnóstico médico que envolve ultrassons e tomografias.

diastase diagnostico e prevenção


Tratamento da Diástase

O tratamento de diástase geralmente consiste em praticar atividades físicas.  Esse tipo de tratamento é indicado para casos em que o espaçamento é menor do que 4 centímetros, o que pode ser resolvido em apenas alguns meses .

Os exercícios físicos recomendados SÓ podem ser realizados com a ajuda de fisioterapeutas ou profissionais da saúde.

diastase tipos de tratamento

Caso o espaçamento seja maior do que quatro centímetros, o tratamento consiste em uma intervenção cirúrgica que é realizada por cirurgiões plásticos. Essa cirurgia ainda ajuda a definir o abdômen.


Prevenção – Diástase

Para evitar a diástase a melhor forma é se alimentar corretamente durante a gestação e ingerir alimentos que fortaleçam a região abdominal. Você também deve se exercitar de forma moderada, preferencialmente com acompanhamento de um profissional durante a gestação. Ainda assim, isso não é garantia de que a diástase não surgirá.

Deixe-nos sua opinião sobre a matéria, pois para nós ela é muito importante.

Você provavelmente já deve ter tomado SORO CASEIRO e obviamente tenha passado para seus filhos essa receita milagrosa capaz de salvar vidas.

O soro caseiro é um dos remédios mais baratos que existe e com grande potencial. Porém para funciona, a mistura que nada mais é do que uma mistura de água, sal e açúcar feito para combater a desidratação, tanto de adultos, quanto de crianças precisa estar nas quantidades certas.

Quer saber COMO FAZER E PARA O QUE SERVE O SORO CASEIRO? Então leia este artigo até o final!soro caseiro receita passo a passo


 

O que é Soro Caseiro e para que serve?

O soro caseiro, como já foi dito é uma mistura, muito fácil de fazer, com 3 ingredientes que todos tem em casa, são eles:

  • Água;
  • Sal;
  • Açúcar.
 Mas é preciso saber a quantidade certa de cada ingrediente para que o soro caseiro faça efeito. 

De acordo com os dados colhidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 3 milhões de crianças, morrem no planeta por conta de quadros de complicação causados pela diarreia. Assim como as crianças, os idosos também são frágeis e podem morrer de complicações causadas pela diarreia e desidratação.

Curiosidade
Você sabia que uma das causas que dão mais internação para a terceira idade é a desidratação? O soro caseiro pode combater a diarreia, vômitos e principalmente a desidratação, evitando complicações no organismo como a hionatremia (falta de sal no organismo).

soro caseiro receita passo a passo


Soro caseiro no Brasil

A Pastoral da Criança, aqui no Brasil, foi a primeira instituição a aderir e dar apoio a campanha do soro caseiro, popularizando-o. Desde o ano de 1983, a campanha sobre o soro caseiro, mantém-se presente para que mais pessoas possam se familiarizar e ter orientações sobre o mesmo, ensinando a prepara-lo, inclusive oferecem as pessoas as colheres medidas para prepara-lo com precisão.

O tratamento para combater a desidratação é a reposição de líquidos que apresentem nutrientes específicos para repor os eletrólitos. Entre os nutrientes necessários destacamos o soro caseiro, que inclusive é o mais em conta.

O soro caseiro alivia os sintomas da desidratação. É valido informar que ELE NÃO CURA o problema, mas faz com que a pessoa se sinta melhor, com a reposição dos nutrientes que são perdidos com o quadro.
soro caseiro receita passo a passo


 

Para quem é indicado o Soro Caseiro?

O soro caseiro é indicado para todas as pessoas, inclusive bebês, e animais domésticos, como gatos e cachorros. Vale lembrar que em casos mais graves é importante procurar orientação médica.

soro caseiro receita passo a passo


 

Receita – Como Fazer Soro Caseiro Passo Passo:

Ingredientes do SORO CASEIRO:

– 1L de água filtrada ou fervida;

– 1 colher (de café) de sal (3,5g);

– 1 colher (de sopa) de açúcar (20g).

Modo de fazer:

Coloque a água em um recipiente limpo e acrescente o sal e o açúcar, depois misture bem até que esteja bem dissolvido o sal e o açúcar.

A maneira de tomar o soro caseiro é aos poucos, não deve ser ingerido todo de uma única vez. Pois pode provocar irritação no estômago e no intestino. Por isso é preciso ingerir aos poucos, com uma colher.

Espero que tenha ajudado você com o nosso artigo. Deixe a sua opinião para nós.

Muitas vezes sinal de magreza e desnutrição de uma criança, não é provocado por falta de alimentação, pode ser algo muito mais sérios do que se imagina, pode ser o Mal de Simioto. Quer saber mais sobre essa doença? Continue lendo o artigo e conheça todos os detalhes desse mal.

mal de simioto o que é


Mal de Simioto existe?

Bem, o Mal de Simioto, ainda não é reconhecido de forma oficial pela medicina, mas afeta milhares de pessoas no mundo inteiro, principalmente crianças e em algumas regiões do Brasil.

Como ainda não é uma doença oficializada, o tratamento para a mesma pode variar, pois a doença envolve muitas crendices populares e é conhecida popularmente como “O Mal do Macaco”.

O que é o Mal de Simioto?

O Mal de Simioto é um conjunto de sintomas que formam o quadro de desnutrição infantil de forma crônica.

A Doença do Macaco, como também é conhecida, leva esse nome por conta da condição física que a criança se encontra quando está enferma, que se assemelha a de um macaco, juntamente com a magreza em grau extremo.


Causas do Mal de Simioto

mal de simioto o que éAs causas da doença podem ser relacionadas a má alimentação ou a parasitas.  Todos os sintomas também podem estar associados a alergia a caseína, que é uma substância presente no leite de vaca. 

Hoje em dia muitas mulheres abrem mão de dar o leite materno a seus filhos e introduzem leite de vaca, porém o organismo da criança ainda não possui as enzimas suficientes para digerir esse alimento, o que desencadeia a intolerância.

 Por esse motivo, que os órgãos do governo fazem campanhas a favor do aleitamento materno até a criança ter, ao menos, 6 meses, quando já estão preparadas para dar início aos primeiros alimentos. 

Sintomas do Mal de Simioto

O Mal de Simioto apresenta inúmeros sintomas, como na forma convencional da doença, são eles:

  • Barriga inchada (distensão abdominal)
  • Perda de peso excessiva
  • Osteoporose
  • Falta ou ausência de apetite
  • Braços e pernas finos
  • Anemia crônica
  • Vomito
  • Desnutrição
  • Glúteos atrofiados
  • Apatia
  • Diarreia crônica
  • Esterilidade
  • Dores abdominais
  • Abortos repetitivos.

Sintomas do Mal de Simioto na forma não convencional da doença, podem apresentar-se de forma diferente. São eles:

  • Constipação crônica
  • Alterações e manchas no esmalte dos dentes
  • Distúrbios gastrointestinais pouco evidentes
  • Osteoporose e esterilidade antes da menopausa
  • Irritabilidade
  • Comprometimento no ganho de pelo e estatura
  • Prisão de ventre
  • Cansaço
  • Anemia.

Tratamento para o Mal de Simioto

Como a doença ainda não é reconhecida pela medicina, os médicos tratam os sintomas da doença, pois acaba sendo uma doença assintomática.

Nessa hora é importante, para o médico saber avaliar os sintomas de cada paciente. Porém, em algumas regiões do Brasil, onde o Mal de Simioto é mais frequente, costuma ser tratado por curandeiros e benzedeiras, que usam ervas medicinais. Sabe-se

Há inúmeros relatos de cura da doença feita com essas ervas.

Tratamento Caseiro
O tratamento consiste em dar banho de ervas nas crianças e técnicas usadas para colocar os vermes para fora do organismo. O tratamento caseiro consiste no uso de ervas como manjirioba ou fedegoso, que são usadas na forma de chá, no banho e até como pomada para passar no corpo.

Deixe seu comentário, pois ele é muito importante para nós.

detophyll comprar
Se você quer emagrecer de forma saudável, DETOPHYLL pode ser a solução. O Detox das famosas de Hollywood finalmente chegou no Brasil com a mesma fórmula e composição.

Detophyll é um suco detox instantâneo onde basta adicionar um pouco d’água e beber necessidade de adicionar outros ingredientes.

Se você já conhece o produto e entrou aqui apenas para pegar o desconto, basta clicar abaixo e aproveitar o preço oferecido somente para as leituras do Portal. Senão, continue lendo e veja como o Detophyll age para te ajudar a emagrecer defitinivamente.


Benefícios do Detophyll

Além de não ter efeitos colaterais e contra indicações, os benefícios do detophyll são inúmeros, como por exemplo:

  • Desincha o Abdômen;
  • Acaba com a Retenção de Líquidos;
  • Queima da Gordura Localizada;
  • Acelera o Processo Digestivo;
  • Energético Natural;
  • Extermina Toxinas do Organismo;
  • Detox Completo no Corpo;
  • Melhora Visível na Pele;
  • Regula o Intestino;
  • Combate o Envelhecimento;
  • Acelera o Netabolismo;
  • Repõe Nutrientes Perdidos.
Além de tudo, Detophyll  é aprovado e certificado pela Anvisa e já é o suplemento mais indicados por médicos e nutricionistas no Brasil e no mundo.

Detophyll Funciona?

Bom gente, como eu falei no começo desse post, vou contar minha experiência com Detophyll e vou dizer pra vocês se funciona ou não! Na verdade é que Detophyll me surpreendeu. Eu não imaginava que teria um resultado tão rápido somente tomando esse suco instantâneo.

É importante saber que cada organismo tem um tempo de resposta, mas no meu caso na primeira semana as mudanças já eram visíveis não só para mim mas para todos que me conhecem.

Além do meu resultado, antes de comprar pesquisei muito na internet pois não costumo acreditar em tudo que vejo por aí.

Encontrei na minha pesquisa depoimentos no Facebook que vou deixar abaixo para vocês lerem. Os resultados são absurdamente incríveis:

detophyll funciona detophyll funciona

Como tomar?

A ingestão de Detophyll deve ser todos os dias, pela manhã, sendo a primeira bebida que você deve tomar, em jejum. Desta forma os resultados serão mais rápidos e eficazes.


Efeitos Colaterais e Contra Indicações

Detophyll um suplemento de origem 100% natural e por isso, não possui efeitos colaterais. Dessa forma ele se diferencia de qualquer outro Detox vendido atualmente.

Além de tudo, Detophyll possui mais de 10 benefícios à saúde que já citei acima. Também não há contra indicações para o uso do Detophyll,  porém mulheres grávidas e lactantes devem primeiramente consultar um nutricionista antes de ingerir o detox.


Quanto Custa Detophyll? Qual Preço?

Por ser um lançamento, Detophyll está com preço promocional e para as leitoras do blog, ainda é oferecido um desconto extra.

detophyll onde comprar

 


Garantia

Para deixar sua compra ainda mais segura, o fabricante do Detophyll segue as normas internacionais, oferecendo um reembolso total caso você não consiga obter os resultados desejados.

Você tem 30 dias para solicitar esse reembolso.


Onde Comprar Detophyll?

Para comprar o Detophyll indico o site oficial do fabricante, pois somente lá é vendido produto original, que realmente irá funcionar. Não compre no Mercado Livre ou qualquer outro site que não seja o oficial para não cair em golpe.

  • Para Comprar Com Desconto Exclusivo Do Blog, Clique Abaixo:

 

 


quanto custaDepois de tanto esperar, finalmente foi lançado no mercado brasileiro um suplemento 100% natural de colágeno puríssimo. A Colastrina promete reverter a flacidez, acelerar o processo de emagrecimento, reduzir estrias e mais uma série de outros benefícios que não param por ai. Quer saber se aprovo esse produto? Continue lendo!

 

comprar com desconto colatina

 

Quais são os benefícios da Colastrina?

Dentre os principais benefícios prometidos pelo fabricante da Colastrina estão:

  • Redução total da flacidez;
  • Aceleração do processo de emagrecimento;
  • Unhas mais fortes e resistentes;
  • Redução das quedas de cabelo e fortificação dos mesmos;
  • Redução ou eliminação das Estrias e Celulites;
  • Diminuição de linhas finas e rugas.

Colastrina funciona?

Vou começar logo pelo que interessa: será que essa tal Colastrina funciona mesmo?

Bom gente, eu decidi comprar pelo site oficial e estou tomando há 3 meses. O que posso dizer é que a Colastrina funciona de verdade. Li muitos depoimentos antes de realizar a compra mas só vim escrever para vocês após testar por um período.

Até o momento, de tudo que ela promete, pude comprovar todos os tópicos através do meu uso. Meus cabelos e unhas estão mais fortes e minhas estrias desapareceram.

Selecionei algumas fotos de antes e depois do uso da colastrina que vi na internet. Vejam:

colastrina reduz flacidez

Funcionamento eficaz também no combate a rugas e marcas de expressão, conforme o antes e depois impressionante abaixo:

colastrina funciona

Efeitos Colaterais e Composição

Colastrina é um suplemento totalmente natural, derivada 100% do colágeno, de mais alta qualidade e pura, e por este motivo, ela não apresenta efeitos colaterais.

Como tomar?

Colastrina deve ser ingerida 4 vezes durante o dia, antes das principais refeições e antes de dormir.

Pode ser tomada com água ou suco natural.

Quanto Custa a Colastrina? Qual preço?

O preço médio da Colastrina varia muito de acordo com a quantidade de frascos. Sempre tem desconto.

Consegui para as leitoras aqui do portal, 50% OFF, então, corre! 

preço da colastrina

Para comprar, basta clicar no botão abaixo:

comprar com desconto colatina