Tabelinha da fertilidade – Como usá-la para não engravidar?

0

Na intenção de evitarem gravidezes indesejadas, algumas mulheres usam a tabelinha da fertilidade para não engravidar. Vale lembrar que esse método não é seguro. O recomendado mesmo é que ao praticar relações sexuais, a camisinha seja o contraceptivo, pois essa além de prevenir contra gravidezes indesejadas, evita que possíveis doenças sexualmente transmissíveis sejam passadas.



TABELINHA DA FERTILIDADE – COMO USÁ-LA PARA NÃO ENGRAVIDAR?

Para quem já tem confiança no seu parceiro, o uso de anticoncepcionais como contraceptivo é recomendado, mas esse deve ser ministrado de acordo com indicações médicas e também da bula, para que não haja nenhum problema. Em casos de extrema urgência, onde a camisinha foi esquecida e que a mulher não ministra comprimidos anticoncepcionais, a pílula do dia seguinte é uma opção.

Essa última opção deve ser usada somente em casos de urgência com um espaçamento de mais ou menos seis meses, pois o uso demasiado da pílula do dia seguinte faz com que o organismo da mulher se torne imune a esse contraceptivo.

A maioria das mulheres não tem conhecimento e acha a tabelinha da fertilidade algo muito confuso. No entanto, para construir a tabelinha basta anotar em algum papel o dia em que a menstruação da mulher costuma vir. Isso porque é através da contagem dos dias que a mulher poderá saber quando estará no período fértil e no período não fértil. Um ciclo menstrual normal – que é o período entre uma menstruação e a outra – possui de 28 a 32 dias.

Como funciona a tabelinha de fertilidade?

TABELINHA DA FERTILIDADE – COMO USÁ-LA PARA NÃO ENGRAVIDAR?

A mulher deverá então contar desde o 1º dia de seu ciclo até o 14º, e esse deverá ser marcado na tabela como o período em que seu organismo estará fértil. Já para marcar o período infértil, a mulher deve contar os dias em que sua menstruação desceu e os outros dias que sobraram. Lembrando que esse método – que não é considerado seguro – é indicado para mulheres que tenham seu ciclo menstrual regulado. As mulheres que possuem ciclo menstrual irregular devem consultar com um profissional e solicitarem que ele construa sua tabelinha da fertilidade.

Vale frisar que a tabelinha da fertilidade não evita que doenças sexualmente transmissíveis sejam passadas, sendo essas AIDS, Gonorreia, HPV e outras, e por isso que a camisinha é o método contraceptivo mais indicado.

Também há casos de mulheres que engravidam em qualquer dia de seu ciclo menstrual. Por isso utilizar a tabelinha como método contraceptivo – geralmente – não é indicado por ginecologistas, e também porque há diversos casos de mulheres com o seu ciclo menstrual regulado que engravidam utilizando esse método.

Há alguns outros métodos contraceptivos, como o Diafragma e o DIU, por exemplo.

  • O diafragma não é um método muito eficaz e pode ser inserido no fundo da vagina pela própria mulher cerca de 20 minutos antes de praticar a relação sexual.
  • Já o DIU é inserido no útero pelo ginecologista, esse se colocado de modo correto impede a passagem de espermatozóides e é indicado apenas para mulheres que já tiveram filhos.

No entanto os métodos contraceptivos mais eficazes continuam sendo o uso de anticoncepcionais por parte da mulher e o uso da camisinha. A mulher que desejar saber mais acerca do assunto deverá consultar um ginecologista.

Este Artigo foi útil? Avalie:
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (57 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Leave A Reply